ENQUETES

Como você vai gastar seu 13º salário?

PUBLICIDADE

Política / REELEIÇÃO
06.12.2017 | 08h03
Tamanho do texto A- A+

"Tucanos devem se curvar ao projeto majoritário do PSDB"

Secretário de Cidades defende que o partido foque na recandidatura do governador à reeleição

Alair Ribeiro/MidiaNews

Clique para ampliar

O secretário de Estado de Cidades, Wilson Santos: projeto do PSDB para 2018 é reeleição de Taques

DOUGLAS TRIELLI
DA REDAÇÃO

O secretário de Estado de Cidades, Wilson Santos (PSDB), afirmou que o principal projeto do PSDB para 2018 é a reeleição do governador Pedro Taques (PSDB).

 

Em entrevista à TBO, na terça-feira (5), o tucano disse que nenhum “projeto individual” pode se sobrepor ao objetivo do partido.

 

“Ninguém tem direito, no PSDB e em qualquer partido, de fazer um projeto individual que possa sobrepor o projeto coletivo. E o grande projeto do PSDB é continuar governando Mato Grosso. Então, defendo a candidatura à reeleição do Pedro Taques. Eu, Wilson Santos, Nilson Leitão, Paulo Borges, todos nós, temos que nos curvar ao projeto majoritário do partido”, afirmou.

 

Nas últimas semanas, Taques se mostrou insatisfeito com o PSDB pela divulgação da pré-candidatura do deputado federal Nilson Leitão ao Senado.

 

Ninguém tem direito no PSDB, e em qualquer partido, de fazer um projeto individual que possa sobrepor o projeto coletivo

O governador teria visto a eventual candidatura do parlamentar como "prejudicial" ao seu projeto de reeleição, tendo em vista que o PSDB abrigaria dois nomes em chapas majoritárias em 2018, o que "espantaria" siglas aliadas.

 

“O que entendo é que política não se faz sozinho. Você faz política em partido, dentro de um grupo. E eu acredito que é preciso levar em consideração o interesse da sociedade. Vejo que é muito mais importante o projeto da reeleição do Pedro Taques”, afirmou Wilson.

 

“Se eu precisar ir para um projeto coletivo, eu vou. E já dei demonstrações disso. No ano passado, nosso grupo não tinha candidato à Prefeitura, porque o Mauro Mendes desistiu no último dia. Ninguém tinha tempo para se preparar, vários foram convocados e recusaram. E quando fui convocado, disse que era um soldado do partido e compareci. Chegamos ao segundo turno”, disse.

 

Momento melhor

 

Para Wilson Santos, com a aprovação da Emenda Constitucional do Teto de Gastos e a melhora do cenário econômico nacional, Pedro Taques terá melhores condições de governar, caso seja reeleito.

 

Apesar disso, o tucano observou que o governador ainda não revelou, nem em conversas internas, que seja candidato à reeleição.

 

“Eu defendo uma coisa maior, que é a reeleição do governador Pedro Taques. Ele, até agora, não falou se é candidato. Não quis dizer, não anunciou, nem ao seu secretariado. Mas, torço para que ele seja candidato à reeleição, para que possa ter chance de pegar um momento melhor da economia, das finanças, agora com a PEC do teto”, completou.

 

Leia mais sobre o assunto:

 

Leitão vê "ato momentâneo" de Taques e não acredita em saída

 




Clique aqui e faça seu comentário


2 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Wagner  06.12.17 12h22
Interesse da sociedade? do que ele está falando? interesse da Sociedade é: Hospitais Regionais funcionando, Escolas com portas nos banheiros, estrada de Tangará da Serra com o mínimo de conservação e trafegabilidade, A Chapada dos Guimaraes sem aqueles morros de Terra interditando a entrada, O VLT circulando, coisas que esse governo nao deu conta de proporcionar ao cidadão matogrossense.
16
0
José Gonçalves  06.12.17 09h17
Então ta bom....mas fiquem cientes de que vão perder.
50
4

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados