ENQUETES

Você acha que os políticos, conselheiros e empresários alvos da PF serão condenados?

PUBLICIDADE

Política / DELAÇÃO AO MPF
12.09.2017 | 08h35
Tamanho do texto A- A+

Silval: Taques se comprometeu a pagar precatório de R$ 200 milhões

Ex-governador disse ao Ministério Público que acordo foi feito durante campanha eleitoral de 2014

Alair Ribeiro/MidiaNews

Clique para ampliar

O governador Pedro Taques, citado em delação de Silval Barbosa

LUCAS RODRIGUES
DA REDAÇÃO

O ex-governador Silval Barbosa (PMDB) afirmou que o governador Pedro Taques (PSDB) teria se comprometido a pagar um precatório devido pelo Estado à família do empresário Alan Malouf, no valor de R$ 200 milhões, caso fosse eleito.

 

Segundo Silval, o compromisso foi citado por Alan em uma conversa com ele e com o ex-secretário Pedro Nadaf, réu confesso em esquemas de corrupção na gestão passada.

 

A primeira conversa se deu entre Alan e Nadaf, na campanha eleitoral de 2014, quando Alan atuou como coordenador financeiro de Taques.

 

A informação consta na delação premiada firmada entre Silval e a Procuradoria Geral da República (PGR), homologada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF).

 

O Alan disse que Pedro Taques havia firmado o compromisso com ele de pagar, se tudo estivesse organizado no meu governo

De acordo com o ex-governador, em uma das reuniões entre Alan Malouf e Pedro Nadaf, o empresário disse que sua família tinha um precatório, de mais de R$ 200 milhões, para receber do Estado.

 

"O Alan disse que havia tratado desse assunto com Pedro Taques, que garantiu a ele que, se o meu governo deixasse tudo pronto, com pareceres favoráveis, ele (Pedro Taques) se comprometeria a pagar em seu governo”, disse Silval.

 

Nova reunião

 

Após tomar ciência do alegado acerto, Silval disse ter pedido a Nadaf para marcar uma nova reunião com Alan.

 

“Alan me procurou, juntamente com Pedro Nadaf, e explicou sobre o precatório ou uma ação de indenização que a família ganhou em desfavor do Estado. E disse que Pedro Taques havia firmado o compromisso com ele de pagar, se tudo estivesse feito no meu governo", disse Silval.

 

taques e alan

O governador Taques e Alan Malouf: precatórios

O ex-governador afirmou que se comprometeu a ajudar a deixar os documentos organizados para o pagamento dos R$ 200 milhões, como deixar os pareceres favoráveis para viabilizar o pagamento no governo de Taques.

 

"Eu pedi para o Nadaf tomar as providências necessárias, mas não sei em que estágio ficou essa situação”, disse Silval.

 

Outro lado

 

O governador Pedro Taques não respondeu diretamente a acusação de Silval. Em outra oportunidade ele disse que ele e o ex-governador são inimigos.

 

“Todo mundo sabe que o Silval é meu inimigo. Todo mundo sabe que ele reputa a mim a prisão dele, do filho dele, da mulher dele. Todo mundo sabe que no primeiro dia do Governo eu determinei a vistoria, a fiscalização em todos os contratos da administração dele”, afirmou Taques.

  

Veja fac-símile de trecho da delação:

 

preacatorio alan

 




Clique aqui e faça seu comentário


12 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Camargo  12.09.17 08h37
Simplesmente é um precatório no meio de muitos. Mas, sabemos que uma das prioridades de um acordo com um cacique era pagar esses precatórios. não sejamos ingênuos.
5
0
Jonathann  11.09.17 22h52
Voces acham que Alan e Silval falariam isso a toa. Acorda população Pedro Taques é igual ou pior. Pois fez compromisso desse tipo. E tem mais vcs acham porque Taques vivia grudado com Guilherme Malouf.? acordammmm...
11
0
Prestes   11.09.17 20h56
Prestes , seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
Kleber Lina  11.09.17 18h31
Kleber Lina, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
Maria Aparecida Gomes  11.09.17 17h36
sr Governador, 2018 está chegando e a gente conversa nas urnas ok
42
6

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados