ENQUETES

Você já decidiu em quais candidatos irá votar nestas eleições?

PUBLICIDADE

Política / REELEIÇÃO DE TAQUES
12.01.2018 | 16h00
Tamanho do texto A- A+

“Se recuperar MT, seria hipócrita dizer que não tem viabilidade”

Secretário de Ministério avalia que governador tem chance e aponta cenário "indefinido"

Marcus Mesquita/MidiaNews

Clique para ampliar

O secretário de Políticas Agrícolas do Ministério da Agricultura, Neri Geller: cenário está indefinido

DOUGLAS TRIELLI
DA REDAÇÃO

O secretário de Políticas Agrícolas do Ministério da Agricultura, Neri Geller (PP), avaliou que o governador Pedro Taques (PSDB) tem condições de viabilizar uma eventual candidatura à reeleição, até agosto deste ano, caso consiga recuperar a economia do Estado.

 

Em conversa com a imprensa, na terça-feira (9), logo após uma reunião de pré-candidatos do PP, em Cuiabá, Geller disse que seria “hipócrita” negar a possibilidade de Taques se viabilizar para a disputa.

 

“Se ele recuperar a economia, pôr a casa em ordem, tem condições de ir à reeleição com sucesso. Mas, depende muito do trabalho daqui para frente. Se ele conseguir com austeridade enxugar a máquina, pôr a folha em dia, a Saúde em dia, as ações no interior para andarem, como a infraestrutura, eu seria hipócrita de falar que não tem viabilidade. Tem, sim”, disse.

 

Se ele recuperar a economia, pôr a casa em ordem, tem condições de ir à reeleição com sucesso

No mesmo dia, o presidente regional do PP, deputado federal Ezequiel Fonseca, defendeu que a sigla não caminhe com Pedro Taques nas eleições deste ano. Em 2014, o partido esteve na mesma coligação que o tucano.

 

O parlamentar revelou, inclusive, que o ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), defende que o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), seja candidato ao Governo do Estado.

 

Para Geller, que é apadrinhado político de Maggi, o cenário ainda está indefinido e todos os citados têm condições de entrar na disputa.

 

“Está tudo indefinido. Temos, de um lado, o governador, que vai para reeleição. De outro, o prefeito Mauro Mendes, de quem se fala muito. Tem, ainda, o [conselheiro afastado do TCE] Antonio Joaquim, que está com problemas para resolver. Tem [o senador] Wellington Fagundes e podem surgir outros. Acho que todos esses candidatos têm condições”, afirmou.

 

“Acho que está tudo muito indefinido, mas acredito que o PP vai ter um papel importante na definição dos candidatos deste ano”, completou Geller.

 

Leia mais sobre o assunto:

 

Ezequiel: Maggi quer Mauro como candidato ao Governo pelo PP

 

PP se alia à oposição e diz que projeto de Taques “fracassou”

 

"Se fracassou, também é culpa do PP, que tem gente no Governo" 




Clique aqui e faça seu comentário


2 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

José Gonçalves  13.01.18 16h11
Recuperar? mas o cara esta a quatro anos no governo e vai esperar o ano da eleição pra recuperar o estado?....
0
0
moreira   12.01.18 17h58
moreira , seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
1999-2018 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados

Ver em: Celular - Web