ENQUETES

Após a operação da PF, você vai parar de comer carne da Sadia, Perdigão, Friboi e Seara?

PUBLICIDADE

Política / DESCONVERSOU
19.03.2017 | 16h00
Tamanho do texto A- A+

“O projeto do PSB é 'fazer acontecer' o Governo Pedro Taques”

O presidente municipal do PSB nega que partido já esteja discutindo eleições de 2018

Marcus Mesquita/MidiaNews

Clique para ampliar

O presidente municipal do PSB, Suelme Evangelista: sem discussão sobre 2018

DOUGLAS TRIELLI E CAMILA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

O presidente municipal do PSB, Suelme Evangelista, negou que o partido já esteja se movimentando internamente para as eleições de 2018. Segundo ele, o foco, agora, é “fazer acontecer” o Governo Pedro Taques (PSDB).

 

“O projeto do PSB é fazer acontecer o Governo Pedro Taques. Vamos falar de eleição somente em 2018, agora precisamos trabalhar. Não é hora de falar em eleição. Nós estamos contribuindo da forma que podemos e da forma decisiva para mudar a realidade do Estado. Isso é o mais importante”, disse em conversa com a imprensa nesta semana.

 

No final de fevereiro, Suelme e outros correligionários se reuniram em Brasília com o presidente nacional do PSB, Carlos Roberto Siqueira. No encontro, ele pediu que a sigla em Mato Grosso esteja na disputa majoritária das próximas eleições.

 

O projeto do PSB é fazer acontecer o Governo Pedro Taques. Vamos falar de eleição somente em 2018, agora precisamos trabalhar

O nome do ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, foi colocado como opção para concorrer ao Senado.

 

Agora, Suelme, que é secretário de Estado de Agricultura Familiar, diz que é preciso primeiro entregar os resultados do atual Governo.

 

Para ele, discutir composições para as eleições de 2018 é papel da oposição.

 

“Eu acho que essa é uma discussão de futuro. Precisamos, primeiro, plantar para depois discutir. Gostaria de deixar esse debate para 2018. Quem tem pressa para definir cenário eleitoral é a oposição. Não é hora de falar sobre isso”, afirmou.

 

“Eu não gostaria de falar sobre nomes para majoritária. Quero falar sobre resultados que estamos trazendo. Então, não tem plano A ou B. Nosso plano é trabalhar, trabalhar, entregar, entregar e chegar em 2018 com condições de abrir uma mesa de discussão”, completou.

 

Leia mais sobre o assunto:

 

PSB nacional quer candidatura majoritária em MT; Mendes é cotado

 

“Discutir 2018 agora é papel da oposição; nós temos que trabalhar”

 

Senador defende que grupo de Taques tenha "plano B" para 2018




Clique aqui e faça seu comentário


16 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Cristina  20.03.17 18h13
Estamos em 2017! É hora de trabalhar e unir forças para tirar nosso estado dessa crise. Muito bacana a postura do presidente, mostra que tem interesse em trabalhar e não ficar discutindo assuntos que não vão mudar em nada a presente situação do estado.
1
0
Pimenta NELES!  20.03.17 18h02
A oposição que está antecipando essas discussões sobre possíveis candidatos para 2018 ao invés de trabalhar em prol dos cidadães Mato-grossenses. A galera do PMDB, por exemplo, passa o dia dando entrevistas e fazendo lives reafirmando a ideia de que apenas se importam com o poder.
3
1
monise  20.03.17 17h22
O momento agora é de trabalhar, vamos deixar pra falar de campanha em 2018, nós cidadães não somos palhaços queremos resultados de conversa fiada estamos cheios!!!!
3
1
Solange Nunes   20.03.17 16h52
O foco dos partido PSB e PSDB é mudar p estado.
3
1
Manoel silva  20.03.17 16h50
O importante e manter esse arco de aliança que vem mudando os estado de Mato grosso PSB e PSDB.
3
2

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados