ENQUETES

Você vai assistir ao horário eleitoral gratuito na TV?

PUBLICIDADE

Política / ELEIÇÕES 2018
11.06.2018 | 20h30
Tamanho do texto A- A+

Maia diz que natural é conversar com PSDB em caso de desistência

Não que outras conversas não possam existir e não possam levar o partido para uma outra aliança"

 

 

O presidente da Câmara dos Deputados e pré-candidato à Presidência da República pelo DEM, Rodrigo Maia (RJ), afirmou nesta segunda-feira que em caso de desistência de participar da disputa pelo Planalto, o caminho "natural" e mais provável seria procurar o PSDB para uma aliança, mas não descarta conversas com outros partidos.

Rodrigo Maia durante sessão da Câmara
 25/10/2017   REUTERS/Adriano Machado
Rodrigo Maia durante sessão da Câmara 25/10/2017 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

Maia, que reconhece a complexidade para tornar sua candidatura mais competitiva até pouco antes do início das convenções partidárias, disse que decidirá que rumo tomar na primeira quinzena de julho.

"O natural, se a minha decisão e a do partido for, lá para o início da primeira quinzena do mês de julho, for não disputar a eleição, o mais provável é que a gente tenha uma conversa primeiro com o PSDB", disse, ao ser questionado sobre eventual aproximação do DEM com o presidenciável do PDT, Ciro Gomes.

 

"Não que outras conversas não possam existir e não possam levar o partido para uma outra aliança", disse, lembrando que o DEM é "historicamente" mais próximo do PSDB e do seu pré-candidato, o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin.

Maia explicou que a indefinição do cenário desmotiva qualquer antecipação de movimento e garante que irá trabalhar para liderar o chamado campo de centro até meados de julho.

 

"Temos uma pretensão de disputar as eleições. A gente sabe que não é simples chegar em julho em uma posição melhor do que a posição que estou hoje", reconheceu.

"Nós temos que ter humildade de entender que o nosso projeto não pode ser maior do que a nossa preocupação com a construção de um novo projeto para o Brasil."

 

Para o deputado, que oscila entre 1 e dois por cento nos cenários da pesquisa Datafolha divulgada no domingo, tanto Alckmin quanto Ciro seriam bons presidentes, assim como ele próprio.

"Mas não é só uma questão de ser um bom presidente. É uma capacidade de aglutinar o maior número possível de forças políticas para vencer as eleições", avaliou.

 

 

Fonte     https://www.terra.com.br/noticias/brasil/maia-diz-que-natural-e-conversar-com-psdb-em-caso-de-desistencia-mas-nao-descarta-outras-aliancas,3ee72e1c1802aadadc19ee5a0343ab36nidq0aba.html




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia
1999-2018 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados

Ver em: Celular - Web