ENQUETES

Qual a principal característica de um candidato ao Governo?

PUBLICIDADE

Política / SEGURANÇA
17.07.2017 | 08h00
Tamanho do texto A- A+

Governo avalia impacto financeiro antes de anunciar concurso

Pedro Taques diz que situação fiscal do Estado deve ser avaliada antes do anúncio do certame

Alair Ribeiro/MidiaNews

Clique para ampliar

O governador Pedro Taques, que não confirmou concurso da Segurança este ano

DOUGLAS TRIELLI
DA REDAÇÃO

O governador Pedro Taques (PSDB) disse ainda não ter a confirmação de que o concurso público para contratação de 2.572 policiais civis e militares sairá em 2017. Segundo ele, o Executivo estuda o impacto financeiro do certame.

 

O concurso para a Segurança foi anunciado oficialmente em fevereiro de 2016. Desde então, a Pasta vem realizando levantamento de demanda junto às instituições.

 

“Ainda não está confirmado, porque estamos conversando com a Secretaria de Segurança. Temos o desejo de fazer esse concurso. O Rogers Jarbas [secretário da Pasta] está tratando disso na Secretaria de Planejamento e Gestão”, disse o tucano.

 

De acordo com o governador, o principal impasse é quanto ao impacto financeiro e orçamentário.

 

O que falta é termos o impacto financeiro. A gestão passada não fazia isso. Nós estamos fazendo

Ao contrário do concurso da Educação, em que não serão criados novos cargos, mas, sim, substituições, o da Segurança prevê mais 1.200 policiais militares, 900 investigadores, 300 escrivães e 130 delegados e 42 vagas para técnico de necropsia.

 

“O que falta é termos o impacto financeiro. Para que façamos um concurso, a Lei de Responsabilidade Fiscal determina que seja realizado um estudo de impacto financeiro e orçamentário. A gestão passada não fazia isso. Nós estamos fazendo”, afirmou.

 

“O ideal seria que tivéssemos o quanto antes esse concurso, aumentando o número de investigadores, escrivães, policiais militares e soldados para Corpo de Bombeiro. Quero fazer esse concurso, Mato Grosso precisa desse concurso, mas, neste momento, estamos analisando o impacto financeiro disso”, completou.

 

À reportagem, a assessoria da Secretaria de Segurança disse estar realizando o estudo e que a previsão é de lançar o edital até o último trimestre do ano.

 

O concurso

 

Anunciado em fevereiro de 2016, o concurso para a Segurança Pública teria 2.572 vagas para policiais civis e militares.

 

A previsão inicial era de realizar a prova no ano passado e a efetivação começaria a ocorrer em fevereiro de 2017. Nenhum dos prazos foi cumprido.

 

Um concurso já havia sido realizado em 2013, em que foram convocados 3 mil servidores para a área.

 

Leia mais sobre o assunto:

 

Governo anuncia concurso com 2,5 mil vagas nas polícias

 




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados