ENQUETES

Você gosta quando os candidatos se atacam na TV e nas redes por meio de vídeos?

PUBLICIDADE

Política / ALTERAÇÕES
15.05.2018 | 17h23
Tamanho do texto A- A+

Encerrando mandato, Taques planeja minirreforma em secretarias

Governador planeja destinar funções da Sejudh para Setas e criar Administração Penitenciária

Alair Ribeiro/MidiaNews

Clique para ampliar

O governador Pedro Taques, que fez o anúncio na tarde desta terça-feira

DOUGLAS TRIELLI
DA REDAÇÃO

O governador Pedro Taques (PSDB) afirmou que estuda a possibilidade de desmembrar a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), criar uma nova Pasta e trocar a nomenclatura da Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Setas).

 

Em conversa com a imprensa na tarde desta terça-feira (15), durante entrega de equipamentos às unidades penitenciárias, o tucano disse que pretende criar a Secretaria de Administração Penitenciária, que assumiria funções da Sejudh.

 

Já as questões relacionadas aos Direitos Humanos seriam remanejados para a Setas, que passaria a se chamar Secretaria de Desenvolvimento Humano.

 

“Mudaríamos o nome, trazendo para ela as pessoas em condições de vulnerabilidade que estão na Justiça [Sejudh], como é o caso de Procon, de Infância e Juventude, para essa Secretaria de Desenvolvimento Humano”, explicou Taques.

 

Por ora, estamos tratando dessa mudança, também de outras, mas não quero falar ainda

De acordo com o governador, uma comissão irá estudar a possibilidade de alterações nessas Pastas. Outras trocas também são analisadas pelo tucano, mas ele preferiu não dizer em quais Pastas.

 

“Esse pessoal vai fazer um estudo, vai nos apresentar e aí vamos avaliar. Eu defendo a criação da Secretaria de Administração Penitenciária, que é um tema que precisa de uma expertise correta”, disse.

 

“Por ora, estamos tratando dessa mudança, também de outras, mas não quero falar ainda”, resumiu.

 

Taques preferiu, também, não estabelecer prazos para a decisão de mudanças nas secretarias. Ele deve tentar a reeleição nas eleições deste ano.

 

Outras mudanças

 

Na última semana, ele fez alterações em outras secretarias. O tucano baixou um decreto visando desmembrar as atribuições da Casa Civil, sob responsabilidade do secretário Júlio Modesto.

 

Ele passou questões políticas para o Gabinete do Governo, comandada pelo secretário Domingos Sávio.

 

“A Casa Civil estava sobrecarregada com todas essas funções e passamos a dividir essa responsabilidade, deixando o secretário Modesto com uma função um pouco mais técnica. O governador, sabiamente, dividiu essas tarefas, passando para mim a parte de interagir mais com os demais Poderes”, disse Sávio, na semana passada.

 

Leia também:

 

Taques baixa decreto e Domingos vira “homem forte” do Governo




Clique aqui e faça seu comentário


3 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Maria  16.05.18 07h32
Daí vai criar mais um tanto de secretaria adjunta, mais um tanto de aspone, e depois não quer pagar RGA.
11
0
Indignado  15.05.18 23h12
E O ASFALTO DO BAIRRO JARDIM MOSSORÓ?
6
0
Jota Alves  15.05.18 23h10
Eu acho que o atendimento aos adolescentes infratores deve ficar na Seduc, porque a lei é clara, o atendimento ao adolescente infrator deve se dar em um estabelecimento educacional.
8
3
1999-2018 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados

Ver em: Celular - Web