ENQUETES

Você acha que os políticos, conselheiros e empresários alvos da PF serão condenados?

PUBLICIDADE

Política / ROMBO NO CAIXA
17.07.2017 | 15h56
Tamanho do texto A- A+

Emanuel teme queda de R$ 120 milhões em repasses em 2017

Prefeitura de Cuiabá enfrenta redução na receita, conforme balanço do primeiro quadrimestre

Alair Ribeiro/MidiaNews

Clique para ampliar

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro: queda em repasses é "baque"

DOUGLAS TRIELLI E CAMILA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

O prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) disse temer que Cuiabá tenha uma queda de até R$ 120 milhões ano nas transferências correntes feitas pelos governos federal e estadual.

 

Conforme revelou MidiaNews no início do mês, a receita total da Prefeitura caiu R$ 24,3 milhões nos quatro primeiros meses deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado (veja link abaixo).

 

O dado consta no balanço orçamentário do 1ª quadrimestre de 2017. Ao todo, a queda nominal - ou seja, sem considerar a inflação do período - é de 3,8%.

 

Segundo o peemedebista, a queda representa “um baque” nas contas do Executivo.

 

“É um baque. Se continuar esse comportamento que estamos medindo e acompanhando, significa R$ 120 milhões ao ano, o que é muito dinheiro para Cuiabá. Mas talvez tenha sido um momento de sazonalidade, que é comum nesse período do ano. Estamos prevendo e torcendo para que essa recuperação ocorra a partir de setembro”, disse o prefeito.

 

Algumas medidas preventivas já tinham sido tomadas. Eu já estava preparado para esta sazonalidade no comportamento da receita

Pelos dados, a queda nas transferências foi de R$ R$ 29,5 milhões. Uma diferença de 8,5% em relação ao ano passado. No total, Cuiabá obteve R$ 316 milhões neste ano, enquanto em 2016 o montante foi de R$ 345,6 milhões.

 

Segundo ele, alguns desses repasses já estão sendo regularizados, como cota-parte do IPVA (Imposto dobre a Propriedade de Veículos Automotores) do Estado.

 

“O IPVA houve um atraso que está sendo colocado em dia. Foram R$ 10 milhões de IPVA e o Governo já está regularizando. Então a queda significativa foi no ICMS”, afirmou.

 

Caixa em equilíbrio

 

Apesar das dificuldades, Emanuel garantiu que nenhum programa do Executivo deixará de ser realizado.

 

Ele disse ter se preparado para eventuais momentos de dificuldade de caixa.

 

“Já venho mantendo o equilíbrio entre receita e despesa, mantendo a Lei de Responsabilidade Fiscal, o equilíbrio das contas públicas, desde o início. Então, algumas medidas preventivas já tinham sido tomadas. Eu já estava preparado para esta sazonalidade no comportamento da receita”, completou.

 

Leia também:

 

Receita da Prefeitura de Cuiabá cai R$ 24 mi em relação a 2016




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados