ENQUETES

Você vai assistir ao horário eleitoral gratuito na TV?

PUBLICIDADE

Política / APOIO A WF
08.08.2018 | 17h40
Tamanho do texto A- A+

Emanuel busca aval do MDB e diz querer participar de campanha

"“Não vejo traição, mas sim uma mudança de rumo", afirmou prefeito sobre apoios na eleição

Alair Ribeiro/MidiaNews

Clique para ampliar

O prefeito Emnauel Pinheiro, que quer aval para apoiar Wellington

CAMILA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

A exemplo do que fez a deputada estadual Janaina Riva (MDB), o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), afirmou que buscará a autorização de seu partido para apoiar a candidatura de Wellington Fagundes (PR) ao Governo do Estado.

 

O aval é necessário porque o MDB decidiu participar do arco de alianças do também candidato Mauro Mendes (DEM).

 

“Esperei passar esse período de convenções e vou oficializar esse pedido ao meu partido. Vamos conversar certinho, pois não quero parecer que estou agindo com deslealdade ou infidelidade partidária”, disse o prefeito, ao ser questionado sobre seu posicionamento neste período eleitoral.

 

Tenho maior respeito pelo meu partido, sou grato ao meu partido. Mas democracia é isso, a gente pensa diferente e às vezes se posiciona de forma diferente

“Tenho maior respeito pelo meu partido, sou grato ao meu partido. Mas democracia é isso, a gente pensa diferente e às vezes se posiciona de forma diferente”, acrescentou Emanuel.

 

Ele admitiu certo desconforto entre membros do partido, já que a decisão da sigla em apoiar a candidatura de Mauro não se deu por unanimidade.

 

A aliança dos emedebistas com Wellington Fagundes era dada como certa e o partido era cotado, inclusive, para indicar o candidato a vice-governador na chapa republicana, o que não ocorreu.

 

“Talvez exista sim um desconforto. Mas todos estão certos. Está certo o MDB de buscar uma coligação e uma aliança política que entenda que é melhor para Mato Grosso. E estou certo eu e demais membros do partido que buscamos ser coerentes com aquilo que foi acordado e que começou a ser construído após as eleições de 2016”, disse ele, ao referir-se ao projeto de Fagundes.

 

“Mas vamos costurar isso com maturidade, para não haver nenhum trauma. Quero pedir autorização do partido, porque também não quero ficar igual a um tatu (escondendo-se do processo eleitoral). Quero participar”.

 

Sem traição

 

Ao ser questionado se a aliança com Mendes pode ser classificada como uma “traição” do MDB a Wellington Fagundes, o prefeito preferiu não polemizar.

 

“Não vejo traição, mas sim uma mudança de rumo, uma mudança natural. A política é muito dinâmica, a maioria do partido entendeu que deveria mudar de rumo. Foi mais uma mudança de curso e isso é natural”, disse o prefeito.

 

“Como a deputada Janaina ganhou aval para apoiar o Wellington, tenho certeza que vou ganhar também. O Carlos Bezerra (presidente do partido) é um homem democrático, não tem porque não autorizar o prefeito de Cuiabá”, concluiu.

 




Clique aqui e faça seu comentário


5 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Moreira  11.08.18 17h51
BAITA REFORÇO. PREFEITO PINHEIRO. SÓ RINDO MESMO.
0
0
Paulo  09.08.18 08h12
Por que não gasta seu tempo trabalhando mais por Cuiabá, que está caminhando a passos de tartaruga?
5
0
Mauro   09.08.18 08h07
Emanuel e Wellington esse nosso Brasil está perdido só recordar fatos anteriores
6
0
George   08.08.18 22h03
George , seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
Juca Pirama  08.08.18 17h54
Muito nobre da sua parte Sr Prefeito, solicitar autorização ou carta branca para apoiar seu amigo Wellington na caminhada rumo ao Palácio Paiaguás. Nunca poderá ser considerado traíra por esta atitude. Parabéns Emanuel.
24
32
1999-2018 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados

Ver em: Celular - Web