Cuiabá, Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2018
COM RESSALVAS
09.11.2018 | 13h20 Tamanho do texto A- A+

Comissão aprova contas de Taques; WS cobra votação no plenário

Aliado do Governo não acredita em dificuldade para matéria ser aprovada pelos colegas da AL

Alair Ribeiro/MidiaNews

O vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Wilson Santos

DOUGLAS TRIELLI
DA REDAÇÃO

O vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Wilson Santos (PSDB), disse que as contas referentes ao exercício de 2017, sob o comando do governador Pedro Taques (PSDB), devem ser aprovadas pelos colegas sem dificuldades.

 

O documento foi aprovado, nesta semana, por três votos a um na Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária (CFAEO). Foram favoráveis os deputados Wilson, Wagner Ramos (PSD) e Adalto de Freitas (Patriota). Já Silvano Amaral (MDB) foi contrário.

 

Agora, o documento segue para o plenário para apreciação dos 24 parlamentares.

 

“A Comissão Orçamentária aprovou o parecer do relator Wagner Ramos, que acompanhou o relatório do TCE, que propõe a aprovação das contas com ressalvas. Deve ir a plenário a qualquer momento”, disse Wilson, em conversa com a imprensa.

 

Botelho vai receber a comunicação da aprovação da matéria e deve colocar para votar. Acho que não vai ter dificuldade

“O deputado [Eduardo] Botelho vai receber a comunicação da aprovação da matéria e deve colocar para votar. Acho que não vai ter dificuldade. Vai passar na Casa”, afirmou.

 

Na comissão, o deputado Wagner Ramos determinou que o governador providencie a regularização das falhas apontadas, para o não comprometimento da governabilidade e a restauração da credibilidade pelos contribuintes e demais agentes socioeconômicos.

 

O Tribunal de Contas do Estado, por onde passam as contas antes da análise da Assembleia, encontrou 17 irregularidades consideradas graves ou de moderada gravidade. Foi expedido um total de 44 recomendações ao Governo para as correções.

 

“O governador Pedro Taques irá seguir essas determinações e corrigir os eventuais problemas”, resumiu Wilson.

 

Somente em 2019

 

A oposição chegou a criticar o TCE pelo parecer de aprovação das contas de Taques.

 

O deputado Zeca Viana (PDT), um dos críticos das contas do tucano, disse não acreditar que a medida seja votada ainda este ano.

 

“Eu acho que nem vota este ano. Eu não sei como vai ser, mas acho que do jeito que está, terá dificuldade de votar este ano. Não há clima para isso”, disse.

 

As contas de 2016, apesar de aprovadas, tramitaram no Legislativo por quase um ano e foram votadas somente em 2018.

 

Leia mais sobre o assunto:

 

“Aprovar contas de Taques é vergonha; TCE deveria ser extinto”

 

TCE cita 17 falhas graves, mas dá parecer favorável a Taques

 

Taques entrega contas ao TCE e diz não ter “receio” de controle




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
1 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Critico  09.11.18 15h18
Critico, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas