Cuiabá, Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2018
NOVA GESTÃO
07.11.2018 | 14h35 Tamanho do texto A- A+

Bolsonaro confirma a extinção do Ministério do Trabalho

A declaração foi dada após almoço no STJ com o presidente da corte, João Otávio de Noronha

Reprodução

O presidente eleito Jair Bolsonaro, que começa a desenhar seu governo

DA FOLHA ONLINE

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), afirmou nesta quarta-feira (7) que o Ministério do Trabalho será extinto. 

 

"O Ministério do Trabalho vai ser incorporado a algum ministério", disse, sem dar mais detalhes.

 

A declaração foi dada após almoço no STJ (Superior Tribunal de Justiça) com o presidente da corte, João Otávio de Noronha. 

 

A Folha mostrou nesta terça (6) que a equipe de transição estuda extinguir o Ministério do Trabalho. 

 

Há alternativas em avaliação para que a condução dos temas ligados à área do emprego e renda ocorra de forma mais eficiente do que concentrada numa única pasta. 

 

Uma delas é associar a área a algum órgão ligado à Presidência da República.

 

Entre as alternativas em discussão está fatiar as diferentes áreas, transferindo, por exemplo, a gestão da concessão de benefícios para órgãos ligados ao campo social e a gestão da política de trabalho e renda para o novo Ministério da Economia ou para um órgão dedicado às questões de produtividade, um dos temas considerados prioritários na equipe do futuro ministro Paulo Guedes.




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
2 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

aloísio  07.11.18 18h05
É surreal, como os discursos mudam. Há pouquíssimo tempo o país corria o risco de se transformar em uma infernal Venezuela. Salvo pelo "messias", em uma canetada, seguimos a trajetória da Argentina. Muda-se tudo, para se continuar como sempre ...
51
49
falcão Garcia  07.11.18 17h09
Isso é só o começo da saga Bolsonaro!Coitado do povo que mais uma vez pagarão um preço alto pela opção de votar errado.
65
94