ENQUETES

Com mais esse escândalo, você acha que Temer deve renunciar?

PUBLICIDADE

Polícia / OPERAÇÃO EM MT
19.05.2017 | 15h50
Tamanho do texto A- A+

Professor de educação Física é preso por pornografia infantil

Mandado foi cumprido pela PF em Jaciara; foi encontrado materiais com conteúdo pedófilo na casa dele

Reprodução

Clique para ampliar

Operação combate compartilhamento de pornografia infantil na internet

VITÓRIA LOPES
DA REDAÇÃO

A Polícia Federal (PF), durante a Operação Cabrera, prendeu em flagrante nesta quinta-feira (18) um professor de educação física que será investigado  por compartilhamento e posse de imagens e vídeos de pornografia infantil, no município de Jaciara (144 Km de Cuiabá).

 

O homem, que não teve nome e idade divulgados para não comprometer as investigações, é um servidor lotado na Secretária de Saúde de Jaciara.

 

Segundo informações da assessoria da PF, o mandado dele foi cumprido durante a manhã em sua residência. Foram apreendidos com ele computadores e celulares que serviam de compartilhamento do conteúdo pornográfico. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Rondonópolis, onde prestou depoimento. O conteúdo dos materiais apreendidos passarão por perícia.

 

Além da apreensão do professor, também foi realizado um mandado de busca e apreensão de equipamentos eletrônicos em Alto Araguaia (422 km de Cuiabá).

 

Ainda segundo a assessoria, cerca de 370 policiais cumprem 93 mandados de busca e apreensão em 18 Estados. Destes mandados, foram realizadas duas prisões preventivas e uma condução coercitiva durante a operação.

 

O investigado poderá responder pelos crimes de posse, compartilhamento de arquivos de pornografia infantil, com penas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente e no Código penal Brasileiro que variam de 1 a 6 anos de reclusão.

 

O nome da operação presta homenagem a Araceli Cabrera Sánchez Crespo, uma menina brasileira de 8 anos que foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada em 18 de maio de 1973, crime que até hoje permanece impune. Posteriormente, a data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”.




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados