ENQUETES

Como você avalia o atendimento do Detran-MT?

PUBLICIDADE

Polícia / APÓS CONFUSÃO
19.04.2017 | 12h01
Tamanho do texto A- A+

Procurador é solto e AL irá abrir PAD para investigar conduta

Servidor havia sido preso por tentar atacar uma garota de programa em seu apartamento

MidiaNews

Clique para ampliar

Assembleia Legislativa de Mato Grosso deve abrir PAD contra procurador Benedito Cesar (no detalhe)

JAD LARANJEIRA
DA REDAÇÃO

O procurador da Assembleia Legislativa Benedito Cesar Correa de Carvalho, de 46 anos, preso na madrugada desta quarta-feira (19) pela acusação de tentar matar uma garota de programa no Bairro Araés, em Cuiabá, já foi posto em liberdade.

 

Segundo o Boletim de Ocorrência, o servidor público teria usado drogas em seu apartamento e começado a alucinar e ficar agressivo. O procurador teria se armado com uma faca e “partido para cima” de L.M.A, de 22 anos.

 

Segundo a  assessoria de imprensa da Polícia Civil, o procurador foi solto após assinar um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) –  registro de um fato tipificado como infração de menor potencial ofensivo.

 

Ainda conforme a assessoria, Benedito Carvalho não deve responder por tentativa de homicídio. Ele foi autuado e deve responder por uso ilícito de drogas e resistência à prisão.

 

Já a assessoria da presidência da Assembleia Legislativa informou que deve abrir uma sindicância para apurar a conduta do procurador, já que esta não é a primeira vez que Benedito Carvalho se envolve em caso semelhante. 

 

Em 2011, quando atuava como advogado, Benedito Correa foi preso pela acusação de ameaçar duas garotas de programa com um revólver dentro de um quarto de motel, em Chapada dos Guimarães.

 

O caso

 

De acordo com o boletim de ocorrência - de Nº 2017.131005 -, o caso aconteceu por volta das 2h30, quando o procurador teria contratado os serviços da mulher de 22 anos em seu apartamento.

 

A vítima L.M.A relatou que após chegar à casa, o procurador teria começado a usar drogas e oferecido a ela, que disse não usar entorpecente.

 

Após um tempo, a jovem disse que ele começou a alucinar, falar sozinho e ficar agressivo. Ela relatou que, em determinado momento, o homem teria se armado com uma faca e tentado "partir para cima” dela.

 

Assustada, a jovem começou a gritar por socorro. Ela contou que conseguiu chamar a Polícia Militar após se trancar na cozinha.

 

Segundo o BO, assim que os PMs chegaram no edifício, ouviram os gritos da jovem pedindo por socorro. Eles solicitaram que o homem abrisse a porta, porém o pedido não foi acatado.

 

Os policiais então arrombaram a porta e encontraram o procurador com uma faca na mão. Os PMs pediram que ele largasse o objeto e se entregasse, porém o homem resistiu dizendo “que não iria ser preso”.

 

Foi necessário uso de força para prender o suspeito. Em seguida, ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Cuiabá.




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados