ENQUETES

Se as eleições em MT fossem hoje, em quem você votaria para governador?

PUBLICIDADE

Polícia / SAÚDE PÚBLICA EM RISCO
17.05.2017 | 19h30
Tamanho do texto A- A+

Procon Carioca acha produto vencido há 14 anos em salão de beleza da Zona Sul

Oito salões de beleza foram notificados na Zona Sul pela fiscalização

DE O DIA

O Procon Carioca notificou oito salões de beleza na Zona Sul do Rio, durante fiscalização realizada na Semana do Dia das Mães. Em um dos salões, foi encontrada uma máscara plástica vencida desde 2003 e vários outros produtos estavam fora da validade em outros estabelecimentos.

Os fiscais encontraram a máscara plástica que estava vencida há 14 anos no HB Cabeleireiros, na Rua Senador Vergueiro, no Flamengo, assim como 21 esmaltes fora da validade.  As bases para a unha também estavam fora da validade no Studio Estilo é Arte, na Rua Barão de Icaraí, no mesmo bairro, onde 19 esmaltes tinham vencido em 2011. No Stillos, na Senador Vergueiro, havia 17 esmaltes fora de validade. No Vitalité, na mesma rua, foram encontrados 20 batons que passaram da data de uso.

Em Copacabana, no Instituto de Beleza Maria Bonita, na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, havia serviços sendo oferecidos sem tabela de preço e produtos de selagem termoativada e queratina fora da validade. O local foi notificado. O mesmo aconteceu com o Wall Coiffeur e o Espaço Simone Costa, na mesma rua; e no Prima Qualitá, na Senador Vergueiro, no Flamengo. Os produtos vencidos ou sem informações de validade foram descartados. Ao todo,  foram 76 esmaltes descartados.

 

“Na hora de ficar bonita, muita gente acaba não atentando para a validade. Caso note alguma alteração na pele, o consumidor deve suspender, imediatamente, o uso do cosmético e procurar um dermatologista. O alerta serve, inclusive, para evitar a automedicação”, conclui o presidente do Procon Carioca, Jorge Braz.

A dermatologista Ana Luiza Villarinho, da Sociedade Brasileira de Dermatologia do Rio de Janeiro, alerta sobre os riscos de produtos de beleza vencidos. “Após o prazo de validade, o cosmético pode se deteriorar, sofrendo alterações na sua composição química original. Desta forma, podem oferecer riscos principalmente à pele e às mucosas”, explica.

Vermelhidão, ardência, coceira e até bolhas podem ser algumas das consequências, assim como reações alérgicas e infecções na pele, por bactérias e fungos.

 

Fonte     http://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2017-05-17/procon-carioca-acha-produto-vencido-ha-14-anos-em-salao-de-beleza-da-zona-sul.html




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados