ENQUETES

A que você atribui a renovação da Assembleia e da Câmara neste ano em MT?

PUBLICIDADE

Polícia / AMEAÇA A JUIZ
10.08.2018 | 11h40
Tamanho do texto A- A+

Preso: “Resolva a situação ou o trem vai ficar feio para vocês”

Criminoso exigia que juiz liberasse a esposa dele, presa durante operação contra o Comando Vermelho

Alair Ribeiro/MidiaNews

Clique para ampliar

Juiz Marcos Faleiros, da Vara contra o Crime Organizado, que deferiu mandados de prisão na operação

JAD LARANJEIRA
DA REDAÇÃO

Um boletim de ocorrência registrado por um familiar do juiz Marcos Faleiros, da Vara Contra o Crime Organizado, revela como um homem que seria membro do Comando Vermelho fez ameaças após a mulher dele ser presa na Operação Red Money.

 

Conforme o BO, registrado sob o número 2018.249201, a ameaça ao parente do magistrado ocorreu na quarta-feira (8), ainda durante a ação dos policiais. 

 

Segundo o documento, o criminoso ligou para o parente do juiz por meio de aplicativo de voz do WhatsApp, e falou: “Cara, resolva essa situação com o juiz, senão o trem vai ficar feio para o lado de vocês”.

 

O suspeito foi identificado e preso pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) durante a audiência de custódia da mulher dele no Fórum de Cuiabá, nessa quinta-feira (9). 

 

Conforme o BO, o criminoso teria dito à vítima que estava ligando de dentro de um presídio e reclamou sobre a prisão da esposa dele durante a operação, bem como do mandado de busca cumprido na casa dele, que resultou na apreensão de uma "grande quantia de dinheiro e uma arma".

 

A vítima relatou, ainda, que no momento em que recebeu a ligação não sabia da deflagração da ação.

 

À polícia, ele afirmou que o preso ainda justificou a ameaça feita, contando que tem dois filhos pequenos com a mulher e que dependiam dos cuidados dela.

 

Quando questionou o criminoso sobre quem teria passado o número de seu celular, a vítima recebeu como resposta que havia sido uma advogada, mas o preso não teria informado o nome da mulher.

 

A reportagem tentou contato com juiz Marcos Faleiros, por telefone, mas não conseguiu resposta até a publicação desta matéria. 

 

Red Money

 

A Operação Red Money foi deflagrada na quarta-feira e resultou no cumprimento de 94 mandados de prisão preventiva contra membros do Comando Vermelho em Mato Grosso. As ordens judiciais foram deferidas pelo juiz de direito, Marcos Faleiros.

 

A ação desmontou um esquema de arrecadação de dinheiro desenvolvido pela facção Comando Vermelho, cujos capitais são oriundos de pagamento de mensalidade de membros da organização e traficantes e taxas de falsa segurança em comércios.

 

Foram apreendidos mais de 60 veículos - que juntos somam aproximadamente R$ 1,7 milhão – além de joias e dinheiro.

 

Uma fazenda apreendida fica localizada em Salto do Céu. Além disso, duas empresas de informática, localizadas em Várzea Grande, foram interditadas. Elas seriam usadas, segundo a polícia, para lavagem de dinheiro.

 

Durante as investigações, a polícia identificou que os criminosos movimentaram cerca de R$ 50 milhões por meio de 44 contas bancárias, entre entradas e saídas.


A facção arrecadava, por mês, cerca de R$ 170 mil - mais de R$ 1,2 milhão por ano - com as mensalidades pagas pelos membros, além de outras fontes de sustentabilidade da organização criminosa.

 

Leia mais sobre o assunto:

 

Polícia prende acusado de mandar recado com ameaças a juiz

 

Operação contra facção prendeu 94 e apreendeu mais de 60 carros

 

Facção movimentou R$ 52 milhões em um ano e meio, diz Polícia

 

Polícia Civil cumpre 94 ordens de prisão contra facção em MT

 




Clique aqui e faça seu comentário


2 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Carlos Nunes  10.08.18 16h50
A prudência recomenda que esse Juiz fique com um olho no peixe do aquário e outro no gato, senão o peixe pode comer o gato. O Crime é Organizado...não é desorganizado...desorganizado é outra coisa. Aí, outro dia, um comentarista policial do Jornal da RedeTV disse: antigamente no Brasil, só tinha uma facção criminosa, atualmente tem 87 facções. Como o Datena já repetiu centenas de vezes, existe pena de morte no Brasil...tá na mão dos bandidos. Tá na mão das 87 facções. Virou cabeça de Hidra, corta uma, aparecem duas, cortam duas, aparecem quatro. O maior indicador social do país já é incalculável...em cada cidade brasileira, em cada bairro, tem uma porção de bocas de fumo...e um bando de traficantes loucos pra adotar o filho de alguém.
49
0
Marlon  10.08.18 13h57
Manda ele para o Presídio Federal de segurança máxima.
55
1
1999-2018 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados

Ver em: Celular - Web