Cuiabá, Domingo, 16 de Dezembro de 2018
OPERAÇÃO
13.01.2018 | 08h23 Tamanho do texto A- A+

Polícia diz ter apreendido armas furtadas em Fórum de MT

Ações ocorreram em Ribeirão Cascalheira, Querência e Cuiabá; oito pessoas foram presas

Reprodução

Polícia Civil e Militar ainda apreenderam cerca de 550 munições

DA REDAÇÃO

Uma operação conjunta da Polícia Civil, Polícia Militar e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), realizada na Regional de Água Boa (744 km de Cuiabá), apreendeu 16 armas de fogo e aproximadamente 550 munições de vários calibres.

 

Na operação denominada "Arsenal 53" foram cumpridos 20 mandados de busca e apreensão e 5 prisões preventiva.

 

A operação resultou em 10 prisões e lavraturas de 8 autos de prisão em flagrante.

 

As armas e munições foram encontradas em residências e propriedades rurais dos alvos investigados na operação.

 

De acordo com a delegada Luciana Canaverde, as ações ocorreram de forma simultânea nas cidades de Ribeirão Cascalheira, Querência e Cuiabá, resultando, até o momento, na apreensão do arsenal de armas e munições.

 

"Há evidências de que dentre as armas apreendidas algumas são oriundas do furto ocorrido no Fórum da Comarca de Ribeirão Cascalheira", disse.

 

O furto de armas do Fórum de Ribeirão Cascalheira ocorreu no dia 16 de dezembro de 2017 e é investigado pela Polícia Civil.

 

Os trabalhos contaram também com a participação de equipes especializadas da Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra) e da Força Tática de Barra do Garças, apoio da equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá.

 

Participaram da operação integrada 116 policiais (civis e militares), 3 peritos, com emprego de 35 viaturas.




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia