Cuiabá, Domingo, 16 de Dezembro de 2018
APÓS 9 MESES
13.01.2018 | 08h05 Tamanho do texto A- A+

Polícia Civil prende criminoso que matou sargento dos Bombeiros

Crime aconteceu em abril de 2017, em Cuiabá; bandido já cumpria pena no Centro de Ressocialização

MidiaNews

Investigações da DHPP levaram até a identidade do assassino

DA REDAÇÃO

O autor do assassinato do sargento do Corpo de Bombeiros, Lindiomar Mestre Pereira, 42 anos, teve o mandado de prisão preventiva cumprido nesta sexta-feira (12), pela equipe policial da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

 

O suspeito, V.V.S., foi notificado da prisão dentro do Centro de Ressocialização de Cuiabá, onde está recolhido pela prática de crime de porte ilegal de munição e ameaça.

 

Nas investigações da DHPP, V.V.S. foi identificado como autor da morte do sargento bombeiro, ocorrido no dia 8 de abril de 2017, no bairro Novo Colorado.

 

O sargento foi executado com quatro tiros na cabeça, efetuados a curta distância, na presença de várias pessoas que estavam no local, uma praça pública.

 

Os estilhaços dos projeteis feriram, sem maior gravidade, um casal que estava próximo à vítima.

 

No atendimento de local de crime, a equipe de plantão, composta pelos investigadores Francisco e Layon e o delegado Marcelo Jardim encontrou a vítima sentada em uma cadeira, já em óbito.

 

O sargento estava no local tomando cerveja, no momento que o suspeito se aproximou em uma motocicleta e efetuou os disparos.

 

O motivo do homicídio seria uma rixa entre vítima e autor.

 

A ordem de prisão foi expedida pela 12ª Vara Criminal de Cuiabá.

 

Leia mais:

 

Sargento dos Bombeiros é executado em Cuiabá; 2 ficam feridos

 




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia