ENQUETES

Qual sua expectativa sobre a seleção brasileira nesta Copa?

PUBLICIDADE

Polícia / CRIME NA ALDEIA
14.04.2018 | 09h39
Tamanho do texto A- A+

Polícia apreende adolescente indígena sob suspeita de estupro

Vítima, que também é indígena, tem apenas 10 anos; Fato ocorreu em aldeia de Comodoro

Alair Ribeiro/MidiaNews

Clique para ampliar

Polícia Civil apresentou mandado de internação do adolescente

DA REDAÇÃO

Um adolescente indígena foi apreendido sob suspeita de estupro de vulnerável e tentativa de homícidio de uma criança também indígena em uma aldeia da etnia nambiquara, em Comodoro (544 km de Cuiabá).

 

O mandado de internação provisória contra o adolescente, que tem 17 anos, foi cumprido pela Polícia Civil na sexta-feira (13). 

 

Conforme o delegado Gilson Silveira do Carmo, o suspeito cometeu os crimes após ingerir ingerir bebida alcoólica com a vítima. Segundo as investigações, ele desferiu um golpe de objeto contundente na região da cabeça da menina e a levou para uma área de mata, onde a estuprou.

 

Em seguida, ela deixou amarrada a duas árvores e ainda jogou gasolina sobre seu corpo. Somente no dia seguinte é que a menina foi encontrada desfalecida.

 

Imediatamente foi prestado socorro e a vítima foi encaminhada para o órgão de assistência médica Casa de Saúde Indígena (Casai), na cidade de Vilhena (RO).

 

Durante as diligências para apurar o crime e com apoio da Fundação Nacional do Índio (Funai), os policiais civis de Comodoro foram até o Estado de Rondônia, onde tomaram depoimento da vítima, da mãe, de médicos e psicólogos, além de outros indígenas que estavam presentes no processo.

 

Com base nos indícios de autoria, a Polícia Civil representou pelo mandado de internação do infrator, que foi deferido pelo juízo da Vara da Infância e Juventude da Comarca de Comodoro.

 

Após ser apreendido, o adolescente foi conduzido para a Delegacia de Polícia de Pontes e Lacerda (448 km a Oeste), onde foi ouvido e permanecerá aguardando vaga para internação no Sistema Socioeducativo.

 

“O suspeito de 17 anos foi levado para Pontes e Lacerda por medida de segurança e para evitar algum tipo de revolta por parte dos indígenas”, disse o delegado.




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia
1999-2018 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados