ENQUETES

Como você avalia o atendimento do Detran-MT?

PUBLICIDADE

Polícia / R$ 2 MILHÕES
20.04.2017 | 08h19
Tamanho do texto A- A+

Operação do GCCO prende ladrões de banco em Cuiabá

Policiais civis estão desde as primeiras hora do dia nas ruas cumprindo mandados de prisão

MidiaNews

Clique para ampliar

GCCO está cumprindo mandados de prisão contra assaltantes de banco

JAD LARANJEIRA
DA REDAÇÃO

O Grupo de Combate ao Crime Organizado (GCCO) deflagrou na manhã desta quinta-feira (20) a Operação "Lepus", que cumpre quatro mandados de prisão contra assaltantes de banco que agiam em Mato Grosso.

 

Os mandados estão sendo cumpridos na Capital e três pessoas já foram presas e encaminhadas para a sede da GCCO.  Conforme a Polícia Civil, uma pessoa continua foragida.

 

J.M.S.N., A.F.S., E.P.O. e J.G.A. foram identificados como integrantes de uma Organização Criminosa responsável pelo cometimento de pelo menos três crimes de roubo a bancos durante o último ano na Capital.

 

Segundo o GCCO, o prejuizo está estimado superior a R$ 2 milhões aos estabelecimentos bancários.

 

A ação está sendo comandada pelo delegado do GCCO, Diogo Santana.

 

O nome da operação “Lepus” significa “Lebre” e faz referência ao apelido do líder da organização criminosa, E.P.O, e seus constantes esforços para esconder sua real identidade. Ao utilizar nomes falsos e outros artifícios ilegais ele mobilizou um esforço policial maior no sentido de sua completa identificação e qualificação no inquérito policial.

 

Tanto que durante o cumprimento do mandado de prisão preventiva do líder, chegou a apresentar Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa em nome de Emerson Fernandes de Souza, o que justificou ainda sua prisão em flagrante pelo crime de Uso de Documento Falso.

 

Os crimes

 

Dentre os crimes praticados pela quadrilha, está o roubo a uma agência do Banco do Brasil, do Bairro Jardim Industriário, no dia 1º de abril de 2016.

 

Na ocasião, os assaltantes usaram fardamento militar para entrar na agência sem levantar suspeitas e ficaram por várias horas no local, fazendo os funcionários de reféns.

 

Dois dos criminosos já haviam sido presos na primeira fase da Operação. Sendo que desta vez, J.G.A. não foi localizado no endereço onde morava e é considerado foragido.




Clique aqui e faça seu comentário


1 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Rodolfo jaqueira  20.04.17 14h10
Gostaria aqui de parabenizar a operação Da delegacia G.C.C.O, quem vem fazendo longos trabalhos, desde que assumiu o delegado Flavio Stringueta, onde o fazia muito tempo a delegacia que não estava atuando com tanta seriedade e reponsabilidade perante a sociedade. Parabéns Dr Flavio, não desmerecendo o trabalho já iniciado pelo Dr. Diogo, mas como um cidadão de bem e morador das proximidades da delegacia, esta nítido o trabalho do sr. e sua equipe. Infelizmente neste país, temos que digerir muitas das coisas que vem acontecendo, pois acompanho o senhor nas redes sociais e percebo que não foi e não é de sua vontade a saída de G.C.C.O, pois o trabalho espetacular incomodou os superiores, cujas suas colocações assertivas diante os meios de comunicação, lhe tornou a esperança de muitas pessoas de bem, sendo assim o melhor que o estado tem a fazer é ofuscar seu trabalho, infelizmente.
7
5

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados