Cuiabá, Sexta-Feira, 18 de Janeiro de 2019
PARA TIRAR FOTOS
10.01.2019 | 08h22 Tamanho do texto A- A+

Onze jovens são detidos após subirem no telhado de shopping

Grupo - que tinha nove menores - ainda se arriscou quando tentava fugir dos policiais militares

Alair Ribeiro/MidiaNews

O caso aconteceu na tarde de terça-feira Várzea Grande Shopping

BIANCA FUJIMORI
DA REDAÇÃO

Onze jovens - entre eles nove adolescentes - foram detidos após subirem no telhado do Várzea Grande Shopping, na tarde de terça-feira (8).

 

De acordo com informações da Polícia Militar, a segurança do shopping recebeu a informação de que um grupo teria entrado na saída de emergência, no telhado.

 

Os policiais foram acionados e, ao subirem no telhado, encontraram os menores tirando fotos.

 

Assim que perceberam a presença dos militares, os adolescentes pularam de uma altura de 3 metros para tentar escapar. No entanto, o grupo foi detido ao chegar no solo.

 

O local invadido é repleto de tubulações e fios de alta tensão, além de ser sinalizado com placas de advertência de perigo.

 

Morte em shopping

 

Há oito anos, uma aventura no telhado de um shopping acabou em tragédia em Cuiabá. Um grupo formado por cinco adolescentes subiu no telhado do Shopping Pantanal no dia 21 de junho de 2011, sem que nenhum segurança os impedisse.

 

Os menores K. S. O, de 12, e M. S. S., de 13, morreram devido a queda e mais um adolescente ficou ferido.

 

No inquérito policial, os jovens afirmaram que subiram ao telhado por uma escada localizada próximo ao banheiro da praça de alimentação, onde tiveram acesso ao telhado da sala 1 de cinema, que acabou cedendo.

 

Os sobreviventes chegaram a admitir, inclusive, que já teriam subido ao local por diversas vezes com os colegas da escola, sem que ninguém soubesse ou os houvesse advertido de que o local era perigoso e que o acesso não era permitido.

O caso gerou bastante polêmica na ocasião, mas o resultado do inquérito foi de que “não restou evidenciada negligência ou imprudência quanto ao acidente que culminou com a morte e lesões corporais às vítimas”.





Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia