ENQUETES

Como você avalia o atendimento do Detran-MT?

PUBLICIDADE

Polícia / VEJA O VÍDEO
12.11.2017 | 13h57
Tamanho do texto A- A+

Morador é preso após atirar e matar ladrão que caiu em piscina em MT

Polícia Civil reconheceu legítima defesa, mas autuou morador por homicídio

Reprodução

Clique para ampliar

O assaltante foi identificado como Patrick de Oliveira, de 19 anos

DENISE SOARES
G1 MT
O morador que reagiu durante uma tentativa de assalto e matou um ladrão, na manhã deste sábado (11), em Poconé, a 104 km de Cuiabá, está preso em flagrante na delegacia da Polícia Civil.
 
Ele deve ser encaminhado para audiência de custódia no fórum de Cuiabá no domingo (12), onde a Justiça vai decidir se ele vai responder pelo caso em liberdade ou será levado para uma unidade prisional. Dessa forma, o morador deve passar a noite na delegacia, até ser encaminhado para a audiência.
 

Segundo a Polícia Civil, dois homens invadiram a casa e anunciaram o roubo. A vítima dormia e foi alertada pela mulher. O morador, que tem um revólver e porte de arma, atirou no peito do assaltante que estava armado.

 

O assaltante levou um tiro perto do coração, andou por alguns metros e caiu na piscina da casa, onde foi encontrado morto pelos policiais. 

 

A vítima, conforme a polícia, trabalha com venda de veículos. O morador foi levado para a delegacia, onde deu depoimento ao delegado Olímpio da Cunha. Ao delegado, ele afirmou que agiu em legítima defesa. O morador contou que estava dormindo e ouviu a mulher gritando, alertando-o sobre o assalto. Quando o assaltante abriu a porta do quarto, onde o morador estava, foi atingido por um tiro no peito. 

 

Inicialmente o morador havia sido conduzido para a delegacia onde daria esclarecimentos sobre o caso. No entanto, o delegado, apesar de reconhecer a legítima defesa, optou por autuar o morador pelo crime de homicídio e encaminhá-lo para audiência de custódia.

 

 

A audiência de custódia está marcada para as 10h30 (horário de Mato Grosso), na capital mato-grossense. O assaltante foi identificado como Patrick de Oliveira, de 19 anos. Ele seria morador do Bairro São Mateus, em Várzea Grande, região metropolitana da capital.

 

O caso
 

Os dois homens entraram na casa e foram vistos pela mulher do morador, que já tinha acordado. Eles aproveitaram que o portão da residência estava aberto e invadiram o local. A mulher viu os dois ladrões e gritou alertando o marido sobre o assalto. Conforme a Polícia Civil, o marido estava no quarto, acordou, pegou um revólver calibre 38 e enfrentou um dos assaltantes.

 

O assaltante que estava armado foi baleado no coração, cambaleou por alguns metros e caiu na piscina, no quintal da residência. O outro assaltante, ao ver a reação do morador e depois de ouvir o disparo, fugiu e não foi encontrado pela polícia. 

 

Veja o vídeo:

 




Clique aqui e faça seu comentário


19 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Zé Mendes  13.11.17 16h43
Zé Mendes, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
EDU  13.11.17 09h04
EDU, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
Bruna  13.11.17 08h33
Só nesse país mesmo! Ridículo ler uma notícia dessa, a pessoa invade a sua casa, vc se defende e vc vai preso. Brasil com leis feitas para bandidos
54
0
keven  13.11.17 08h16
Coitado desse morador.
35
0
Jean  13.11.17 08h13
O bandido só entrou na casa porque sabia que no brasil é difícil alguém ter arma em casa. Mas não dessa vez.
55
0

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados