ENQUETES

Como você avalia o atendimento do Detran-MT?

PUBLICIDADE

Polícia / INTERIOR DE MT
12.11.2017 | 15h08
Tamanho do texto A- A+

Menino de 8 anos morre após ser arrastado por cavalo em fazenda

O corpo foi encontrado pelo padrasto do menor

Alair Ribeiro/ MidiaNews

Clique para ampliar

ANDRÉ GARCIA
OLHAR DIREITO

O menino João Fernando Aguilera, de 8 anos, morreu após ser arrastado por um cavalo em uma fazenda de Vila Bela da Santíssima Trindade (562 km de Cuiabá). A situação foi registrada na segunda-feira (6), quando o corpo da vítima foi encontrado por seu padrasto, que trabalha na propriedade.

 

À Polícia Civil o homem informou que teria saído de casa ido até a sede da fazenda para receber seu pagamento, deixando o garoto e um irmão no local. Na volta foi avisado que o João havia saído montado em um cavalo. Na sequencia, ao sair para procurá-lo, o padrasto o encontrou caído,  preso por uma corda, com ferimentos e desacordado.
 
No momento em que tentou soltá-lo, o cavalo teria se assustado e saído correndo, arrastando o menino. Somente quando o animal parou é que foi possível desatar o corpo da criança, presa pelo cabresto. O caso é investigado agora pela Polícia Civil da Região.
 
Pelo Facebook, profissionais da Escola Municipal Ponta do Aterro, onde João estudava, comunicaram seu falecimento e comunicaram luto oficial. A situação causou comoção entre os moradores da região, que manifestaram tristeza. “Um Anjinho foi para o céu .Será lembrado eternamente em todos os corações de quem o ama”, disse uma usuária.
 
Em julho deste ano um menino identificado como Enzo Gabriel, morreu de forma semelhante. Ele foi arrastado por um cavalo na estância da Comunidade da Lagoa, em Nossa Senhora do Livramento (55 km de Cuiabá), depois de usar a corda que estava presa ao animal para fazer um laço sobre o próprio corpo.




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados