ENQUETES

Após a operação da PF, você vai parar de comer carne da Sadia, Perdigão, Friboi e Seara?

PUBLICIDADE

Polícia / REVOLTA
10.01.2017 | 09h34
Tamanho do texto A- A+

Médicos e enfermeiros chamam a PM após tumulto em policlínica

Unidade de saúde não tinha profissionais suficientes para atender demanda, o que causou revolta

Reprodução

Clique para ampliar

Pacientes ficaram revoltados após ficar sabendo que nao receberiam atendimento

JAD LARANJEIRA
DA REDAÇÃO

Médicos e enfermeiros da Policlínica do Bairro Planalto, em Cuiabá, acionaram a Polícia Militar na noite desta segunda-feira (10) após serem ameaçados por pessoas que aguardavam atendimento na unidade hospitalar.

 

De acordo com o boletim de ocorrência, o caso aconteceu por volta das 19h, quando os médicos plantonistas informaram que não teriam como atender toda demanda, que seria de aproximadamente 150 pessoas.

 

Segundo informado aos pacientes, na unidade havia apenas dois médicos, dois enfermeiros e um técnico. E devido à falta de profissionais, seriam atendidos somente pacientes encaminhados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ou emergenciais.

 

Por causa disso, deu-se início a um tumulto com pacientes revoltados com a situação. Apensar da confusão, ninguém se feriu.

 

Com a chegada da Polícia Militar, os ânimos foram controlados e os pacientes orientados a procurar as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e o Pronto-socorro de Cuiabá.




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados