ENQUETES

Na sua opinião, Pedro Taques deve disputar a reeleição?

PUBLICIDADE

Polícia / SANTA TEREZINHA
20.04.2017 | 10h40
Tamanho do texto A- A+

Mais uma garota tenta se matar por causa do jogo "Baleia Azul"

Jovem de 22 anos foi socorrida e levada ao hospital; seu estado de saúde não foi informado

MidiaNews

Clique para ampliar

Polícia Militar foi acionada e conseguiu socorrer a jovem

JAD LARANJEIRA
DA REDAÇÃO

Uma jovem de 22 anos, de identidade não informada, tentou cometer suicídio na manhã desta quinta-feira (20), em Santa Terezinha (1.312 km a Nordeste de Cuiabá).

 

Segundo a Polícia Militar, a garota estaria participando do “Desafio da Baleia Azul” - que instiga adolescentes e jovens a realizarem uma série de missões chocantes e, por fim, o suicídio.

 

A informação foi confirmada pelo tenente coronel da PM, Joel Outo. De acordo com ele, a jovem já estava sendo monitorada, porém nesta manhã tentou cometer suicídio cortando todo o corpo.

 

Conforme o coronel, a jovem chegou a ser socorrida e encaminhada para uma unidade de saúde da cidade. Seu estado de saúde não foi informado.

 

“Eu descobri que ela estava participando através de outro grupo de WhatsApp - que não tem nada  a ver com o jogo da Baleia Azul -, porque um rapaz desconfiou pelo que ela postava nos grupos e procurou a PM para relatar. Foi quando eu acessei o Facebook dela e vi as mensagens. Depois essa pessoa me passou o número do celular dela e tentei entrar em contato com ela”, contou.

 

O policial disse que tentou manter contato com a jovem por várias vezes, inclusive mandando mensagens via WhatsApp.

 

“Mandei mensagens para ela, falei quem eu era, disse que trabalhava com jovens e adolescentes. Também falei do jogo Baleia Azul, eu disse que o tal do ‘curador’ [ pessoa que controla o jogo] não tinha condições de fazer nenhum mal para ela. Eu mandei mensagem por quase 4 horas e ela não respondia. Aí depois de algum tempo, ela mandou apenas um ‘oi’ e uma carinha chorando e logo abaixo escreveu: “ajude-me””.

 

Segundo o coronel Joel, a situação da jovem é bastante crítica, pois ela não tem acompanhamento familiar e a prefeitura também não possui qualquer tipo de assistência para essas situações.

 

2º caso em Mato Grosso

 

No dia 11 de Abril, uma garota de 16 anos, moradora da cidade de Vila Rica (1.259 km de Cuiabá), cometeu suicídio, supostamente instigada pelo jogo macabro, que obriga a pessoa tirar a própria vida.

 

A adolescente foi dada como desaparecida ainda na madrugada de terça-feira (11), quando os pais não a encontraram em seu quarto.

 

A menina teria deixado uma carta se despedindo e contando que cometeria o suicídio por estar participando do jogo.

 

A mãe da jovem relatou que a filha teria apresentado cortes nos braços, há aproximadamente dois meses, que podem ter sido motivados pelas "tarefas" impostas aos membros do jogo.

 

O corpo da adolescente foi encontrado por volta das 14h dentro de uma lagoa. A Polícia Militar fez a retirada e o local acabou cercado por curiosos.

 

Após a morte da menor, a Polícia Civil abriu um inquérito para investigar o caso.

 

 

Leia mais sobre o assunto:

 

Jovem é preso após divulgar “falso desafio” de jogo suicida em MT

 

Polícia identifica mais participantes do jogo da “Baleia Azul”

 

Brasil já registra suicídios e mutilações ligados ao jogo "Baleia Azul"

 

Garota encontrada morta postou no Instagram: “Última foto”

 

PM lança ação contra suicídio; Vila Rica teria mais participantes

 

Garota é encontrada morta e polícia suspeita de jogo suicida




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados