ENQUETES

Na sua opinião, Pedro Taques deve disputar a reeleição?

PUBLICIDADE

Polícia / ARMA NA CABEÇA
20.03.2017 | 11h12
Tamanho do texto A- A+

GCCO prende 4 acusados de sequestrar esposa de ex-secretário

Crime aconteceu no dia 21 de junho de 2016; vítima relatou momentos de terror em depoimento

Reprodução/Montagem

Clique para ampliar

A empresária Marnie de Almeida no detalhe da imagem

JAD LARANJEIRA
DA REDAÇÃO

O Grupo de Combate ao Crime Organizado GCCO cumpriu, no começo da manhã desta segunda-feira (20), quatro mandados de prisão de uma quadrilha que armou e sequestrou a empresária Marnie de Almeida Cláudio de Cursi, esposa do ex-secretário de Estado de Fazenda, Marcel de Cursi, em junho de 2016.

 

A informação foi confirmada pelo delegado do GCCO, Diogo Santana. Segundo ele, três dos criminosos -  Alysson Gonçalo Silva de Souza, Jhonatan Dias de Oliveira e Natan Leandro da Silva Nascimento - já estavam presos na Penitenciária Central do Estado (PCE), sendo apenas um mandado cumprido na rua.

 

Já o suspeito Emerson Rocha Galvão foi preso em sua casa, no bairro Osmar Cabral, nesta manhã. Ele estava usando tornozeleira eletrônica, porém desativada.

 

“Temos provas conclusivas de que os quatro participaram do sequestro, sendo que três deles confessaram terem participado e um decidiu por permanecer em silêncio”, disse Diogo.

MidiaNews

Diogo Santana Sousa

A informação foi confirmada pelo delegado do GCCO, Diogo Santana

 

Segundo o delegado, as investigações estão praticamente concluídas, pois a empresária reconheceu os quatro criminosos como participantes do sequestro.

 

Depoimento à Polícia

 

De acordo com as informações do delegado Flávio Stringueta, da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Judiciária Civil, Marnie foi abordada por dois homens quando chegava em casa, no dia 21 de junho de 2016.

 

Ela contou que os bandidos estavam com roupas da Polícia Civil e disseram que estavam com um mandado de prisão e que ela seria conduzida para a sede da GCCO.

 

No entanto, Marnie contou não ter acreditado na versão e, na ocasião, rebateu a informação. Os bandidos teriam sacado a arma e anunciado um roubo.

 

Usando de força, eles colocaram a mulher dentro do veículo da família, uma picape Hilux. Eles, então, fugiram em direção ao Condomínio Belvedere.

 

Em uma região de matagal, os bandidos agrediram e mulher e, em seguida, teriam dito a ela que queriam o dinheiro que o marido supostamente escondia.

 

“Eles pediam por um suposto dinheiro que o marido teria escondido, e ainda chegaram a citar reportagens que foram veiculadas na imprensa sobre esse valor”, disse o delegado.

 

Após negar qualquer existência de dinheiro, a mulher foi abandonada no local.

 

Durante a fuga, ela chegou a cair algumas vezes. O delegado lembrou que ela estava machucada devido a fuga.

 

A Polícia Militar foi acionada por familiares de Marnie, que perceberam a movimentação estranha.

 

O 1º Batalhão da PM informou que, momentos depois de Marnie ser liberada, os bandidos deixaram a caminhonete em frente à loja Planeta City Lar, na Avenida Fernando Corrêa, no Coxipó.

 

Leia mais sobre o assunto:

 

Esposa de ex-secretário detalha terror de sequestro

 

Juíza nega pedido de Cursi para colocar sigilo em ação da Sodoma

 

Defesa quer escolta policial para mulher de ex-secretário preso

 

Esposa de ex-secretário da Sefaz denuncia sequestro e agressão




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados