ENQUETES

Como você vai gastar seu 13º salário?

PUBLICIDADE

Polícia / "MAIS RENTÁVEL"
17.05.2017 | 10h09
Tamanho do texto A- A+

Aluno da UFMT é preso e diz que vende drogas até para professores

Estudante preso está no 2º semestre de Química; ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes

MidiaNews

Clique para ampliar

Estudante preso afirma que comércio ilegal de drogas é bastante rentável na universidade

JAD LARANJEIRA
DA REDAÇÃO

O estudante G.M.C., de 20 anos, que cursa Química na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), foi preso na madrugada desta quarta-feira (17), no Bairro Tijucal, após uma denúncia anônima de que estaria traficando drogas.

 

Segundo a Polícia Militar, o jovem confessou que é traficante e que o principal ponto de venda seria na própria faculdade. O rapaz ainda relatou que, além dos alunos, professores também seriam seus "clientes".

 

De acordo com o estudante, na instituição o "comércio é mais rentável".

 

Na casa do estudante, foram encontrados um tablete de maconha e mais 16 porções da mesma substância em pequenos papelotes. A Polícia ainda encontrou duas balanças de precisão, um caderno de anotações e R$ 200 em dinheiro.

 

G.M.C está no 2º semestre da faculdade. Ele foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes de Cuiabá.

 

As informações fornecidas pelo aluno serão investigadas pela Polícia Civil.




Clique aqui e faça seu comentário


7 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Caos Lima  18.05.17 09h41
Comentários generalistas esses que estão fazendo aqui. Uma coisa é o trote e outra é o caso do aluno acusado de tráfico, não misturem as coisas e NÃO generalizem, a UFMT é uma instituição séria e esse é um caso isolado.
9
12
Andre  17.05.17 21h38
Nas universidades particulares pelo menos sabemos quando começa e termina o curso, já que movimentos grevistas quase nunca ocorrem. Tampouco há consumo deliberado de álcool e drogas em seu interior, como ocorre nas universidades públicas. Pra quem pode pagar garanto que o melhor investimento é a particular.
3
25
camila  17.05.17 15h37
Lamentável a situação da Ufmt,acadêmicos fazem festas,usam bebidas alcoólicas e até uso de drogas pelo campus e ninguém faz absutamente nada...entorno do campus vc pode encontrar alunos fazendo trotes e pedindo dinheiro para os motoristas q passam pela via pública,e esse valor doado é utilizado para compras de bebidas q são consumidas dentro da própria universidade. Um alerta aos pais q acham q seus filhos estão estudando...
108
40
Alberto  17.05.17 14h38
Alberto, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
Maria Duran  17.05.17 14h22
ACorda gente. Isso sempre aconteceu na UFMT e outras universidades. Não é novidade pra ninguém.
122
10

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados