ENQUETES

Após a operação da PF, você vai parar de comer carne da Sadia, Perdigão, Friboi e Seara?

PUBLICIDADE

Opinião / LOUREMBERGUE ALVES
06.01.2017 | 08h22
Tamanho do texto A- A+

Uma terceirização diferente

Uma mexida no estatuto da AMM permitiu que um ex-prefeito continuasse no comando

A Associação Mato-grossense dos Municípios renova sua diretoria. Renovar não é bem a palavra correta, nem o termo que deve ser utilizado.

 

Pois continua na presidência da AMM o ex-prefeito de Nortelândia. Ele concorreu em chapa única. Um detalhe torna essa eleição diferente das demais disputas, o que torna o novo mandato bastante distinto dos anteriores.

 

Tudo porque é a primeira vez que um ex-prefeito concorreu e permanecerá no dito posto. Aliás, ‘ex’ foi, não é mais. Mas, por conta de uma mexida no estatuto da AMM, alguém que não é prefeito se torna o representante-mor dos prefeitos, dos municípios, junto aos poderes Judiciário, Legislativo e Executivo estadual, bem como ao Tribunal de Contas do Estado. Inédito na história da Associação dos municípios do Estado.


Esta coluna se deu o trabalho de buscar casos semelhantes no país. Realizou, na oportunidade, busca nos sites das demais associações, e não foi encontrado nada parecido com o exemplo daqui.

 

Continua diferente nas associações do Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Ceará, Goiás, Bahia, Maranhão, etc. Os municípios mato-grossenses, portanto, a juízo desta coluna, terceirizam sua representação, com sede na Capital.


Trata-se, porém, de uma terceirização atípica. Isto porque, ao contrário da terceirização propriamente dita, não se está transferindo as atividades-meio para uma dada empresa, nem reduzindo sua estrutura operacional, tampouco diminuindo seus custos, muito menos desburocratizando sua administração. Está, isto sim, transferindo toda a sua administração para um terceiro.

 

E é este terceiro que passa a fazer a própria representação dos municípios e dos prefeitos. Terceiro que não se encontra à frente da administração pública municipal. E nesta condição, e sem os afazeres e dificuldades de uma prefeitura, podendo circular livremente entre os poderes e estar-se nos centros de decisões políticas e econômicas. Privilegio para poucos!

 

Podendo fazer do tal privilégio e desta mesma liberdade, trampolim para a próxima disputa eleitoral

Podendo fazer do tal privilégio e desta mesma liberdade, trampolim para a próxima disputa eleitoral. Criando, desse modo, seu próprio e particular trampolim. Trampolim bem mais seguro e muito mais vantajoso, pois o permite ficar conhecidíssimo, além da utilização particular e individual da condição de representação do conjunto dos prefeitos e dos municípios.

 

Em campanha eleitoral particular permanente e cotidiana, com as bênçãos dos chefes das administrações públicas municipais. Alguns destes chefes são também chefes políticos locais, outros chefetes e um terceiro grupo formado de auxiliares diretos de coronéis da política regional.

 

O presidente da AMM e não prefeito, até em razão da sua posição de representação, conquistar, no próximo biênio, dividendos eleitorais substanciosos. Dividendos que podem torná-lo um dos mais bem votados nas eleições de 2018 (caso o seu irmão não saia para a reeleição).


Já pensou (e) leitor, se tal moda pega. Terceirizar-se tudo. E, então, a presidência da Assembleia Legislativa ficaria a cargo de um não deputado estadual, e, nesta esteira, a bancada federal passaria a ser coordenada por alguém não parlamentar. É exatamente isso que ocorre agora com a Associação Mato-grossense dos Municípios. É isto.

 

Lourembergue Alves é professor universitário




Clique aqui e faça seu comentário


2 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Jose Antonio Pinheiro  06.01.17 14h43
Não obstante, poderia ter buscado informações no site da maior instituição municipalista CNM, onde temos o Presidente Paulo Zilkoski que foi eleito prefeito de Mariana Pimentel (RS), sua terra natal e distrito emancipado de Guaíba, em 1993 e reeleito em 2000, portanto mais de 12 anos fora do Executivo Municipal, mas que por sua luta e desempenho a frente das defesas municipalistas tem recebido o aval dos mais de cinco mim Prefeitos brasileiros para continuar defendendo temas importantes que auxiliam a gestão municipal, que hoje sofre com a transferência impositiva de responsabilidades dos governos federal e estadual e não recebem o aumento de recursos para custeio dessas ações, tão necessárias para o cidadão comum. No caso específico da AMM, o Presidente Neurilan, Ex Prefeito conforme o artigo, é um aguerrido defensor das causas municipalistas e nos últimos dois anos se destacou através de importantes conquistas para os Gestores Mato-grossenses se tornando unanimidade entre os Ex e Atuais Prefeitos. A exemplo do Presidente da CNM, a experiência de um Gestor com bons índices de aprovação e a disponibilidade exclusiva na defesa dos interesses dos 141 Prefeitos, certamente promoverá importantes avanços no que diz respeito a eficiência, prestatividade e gestão plena dos Gestores Municipais. Quanto ao futuro politico do Ex Prefeito e Presidente da AMM, caberá a Deus e ao tempo, mas de uma coisa pode se ter certeza, das boas sementes se espera bons frutos e farta colheita.
1
0
Neia Opina  06.01.17 14h07
É nobre Professor... Uma Associação de Municípios presidida por um ex-prefeito... Por unanimidade, o ex-prefeito de Nortelândia, Neurilan Fraga (PSD), foi reeleito presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios. É no mínimo curiosa essa unanimidade. Onde vamos parar com isso???
0
0

Leia mais notícias sobre Opinião:
Março de 2017
27.03.17 08h24 » Desmoralização de um Governo
27.03.17 08h19 » Pecados da carne
27.03.17 08h07 » Vale do Cuiabá
27.03.17 07h55 » Versos em riste
26.03.17 08h06 » Unemat e o novo momento
26.03.17 08h01 » Discurso político vazio
25.03.17 23h10 » De esquife
25.03.17 23h00 » Ferrovia
25.03.17 07h30 » Economia e consciência
25.03.17 07h20 » Tudo igual

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados