ENQUETES

Com mais esse escândalo, você acha que Temer deve renunciar?

PUBLICIDADE

Opinião / MAURÍCIO MUNHOZ
17.05.2017 | 11h54
Tamanho do texto A- A+

A “Rota da Seda” e a Soja em risco

Quando uma economia fica muito dependente de um produto, ela já está em risco

Quando uma economia fica muito dependente de um produto, ela já está em risco. O estado de Mato Grosso é muito dependente de poucos produtos para exportação, principalmente a soja, que por sua vez tem na China sua principal compradora.

 

A china não tem a intenção de se tornar autossustentável na produção de soja. Os chineses a produzem, mas não faz parte dos seus planos produzir o suficiente pra abastecer o mercado interno. Isso é bom pra soja brasileira.

 

Mas os chineses criaram algo muito novo. O que eles chamam de “Belt and Road”, que na verdade é a nova Rota da Seda. A China está investindo em várias frentes para dinamizar as relações comerciais de países da Ásia, Oriente Médio e Europa.

 

Desde investimento em infraestrutura, principalmente ferroviária, até financiamento para a agricultura dos 54 países na nova Rota da Seda.

 

Países como o Cazaquistão estão ampliando velozmente suas áreas de plantio da soja. E muitos outros estão aderindo incentivados pelo “Belt and Road”. Essa é uma realidade com a qual o Brasil e Mato Grosso têm que conviver.

 

Sem dúvida uma ameaça para a soja brasileira, mas que pode ser enfrentada, sobretudo com a adoção de um novo modo de produção, passando pela agro industrialização e a busca de novos mercados.

 

Quando eu estive na Universidade de Pequim, em 2015, convivi com professores que estavam participando do programa “Belt and Road”.

 

Achei um plano muito audacioso até para os padrões chineses, mas me enganei, eles fizeram. No lançamento nesta segunda feira 17 de maio, anunciam um investimento de 900 bilhões de dólares para sua realização.

 

Com isso, mais uma vez, eles mudam o eixo da economia mundial, criando um bloco com muito poder de fogo, no qual o Brasil foi convidado a participar, através do BRICS, mas que aparentemente o novo governo brasileiro não está mostrando interesse.




Clique aqui e faça seu comentário


1 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Helio Silva  17.05.17 21h16
Olha aí... isso ninguém fala. Faz sentido, a soja pode estar com os dias contados. Parabéns ao articulista, me abriu os olhos e vou usar em sala de aula.
2
0

Leia mais notícias sobre Opinião:
Maio de 2017
25.05.17 14h25 » Mato Grosso e a revolução do Grafeno
25.05.17 11h53 » Impeachment: mais um?
25.05.17 07h40 » A liberdade de morrer
25.05.17 07h20 » Vou embora pra Nova Zelândia
25.05.17 07h00 » Uma visão sistêmica sobre adoção
24.05.17 09h27 » Interromper, não!
24.05.17 09h21 » Turismo é um bom negócio
24.05.17 07h20 » Código de defesa do contribuinte
24.05.17 07h00 » Eleições indiretas já!
23.05.17 12h30 » Vida de gado, povo marcado e (in)feliz

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados