ENQUETES

Qual sua expectativa sobre a seleção brasileira nesta Copa?

PUBLICIDADE

Opinião / LORENA LACERDA
11.01.2018 | 06h45
Tamanho do texto A- A+

2018: ano de oportunidades

Comemore as pequenas vitórias, para que haja motivação para continuarem rumo aos objetivos maiores e mais desafiadores

Em 2017 o Brasil começou a experimentar a retomada da economia, conforme diversos indicadores como taxa de inflação, índice de desemprego e crescimento do PIB.

 

2018 já começou e as previsões retratam a incerteza de um ano eleitoral de cenário político indefinido mas que, muito provavelmente, nos mostrará a continuidade da melhoria dos índices econômicos, retratando a melhora do ambiente de negócios tanto interno quanto externo, com investimento estrangeiro crescente e as empresas brasileiras também retomando os seus investimentos.

 

Neste cenário de crescimento, oportunidades surgirão para empresas já atuantes no mercado e para aqueles que querem empreender. Como, então, aproveitar estas oportunidades, de forma a fazer seu negócio crescer, melhorar ou, ainda, iniciar um novo negócio?

 

A palavra chave para responder esta pergunta é: Planejamento. Identifique as oportunidades, considerando os setores que tendem a retomar mais rapidamente o seu crescimento em 2018. A indústria já demonstra ter entrado na curva de crescimento de sua capacidade produtiva, assim como o segmento de automóveis e da construção civil.

Neste cenário de crescimento, oportunidades surgirão para empresas já atuantes no mercado e para aqueles que querem empreender

 

Após identificar a oportunidade, planeje como aproveitá-la, considerando os recursos que precisará alocar para isso, seja de pessoas, de estrutura física, de equipamentos e de capital de giro.  Após planejar detalhadamente, distribuindo as ações numa linha do tempo, é hora de colocar em execução o seu planejamento, e é aí que, digamos, “mora o perigo”.

 

Muito mais difícil que planejar é executar, implementar um planejamento. E por quê isso? Bem, sabemos que o fator mais complexo dos negócios é o fator “pessoas”, certo? Então, é por isso que tantas implementações de planos falham: porque as pessoas falham. Como aumentar a eficácia da implementação dos planejamentos?

 

Compartilho com vocês 3 passos para isso:

 

1.     ENVOLVA: Se você planejou sozinho, agora é a hora de compartilhar com a equipe todo o plano, em detalhes. Ouça as opiniões, dúvidas e questionamentos. Cuidado para não “se apaixonar” por seus planos, de forma a ficar resistente às críticas que possam existir ou, pior ainda, gerar um padrão em sua equipe que, sabendo da sua falta de abertura às críticas, prefere não compartilhar opiniões que possam ser contrárias ao seu plano ou que ofereçam uma visão menos otimista que a sua. Se isso acontecer, você correrá um risco enorme de não haver comprometimento da equipe em te mostrar aspectos relevantes que poderão ser verdadeiros obstáculos à eficácia do planejamento;

 

2.     ACOMPANHE: Após alinhar com toda a equipe, delegando responsabilidades e combinando prazos de execução, comece a acompanhar de forma sistemática a implementação das etapas do planejamento, em, no mínimo, uma reunião mensal com todos. A depender do plano e sua dimensão, reuniões semanais serão também necessárias, portanto pergunte à sua equipe com qual periodicidade entendem que é importante conversarem e avaliarem o progresso dos planos;

 

3.     CELEBRE: Comemore as pequenas vitórias nas execuções das etapas, para que haja motivação em continuarem rumo aos objetivos maiores e mais desafiadores. Quando a equipe não consegue perceber um resultado de mais curto prazo dos seus esforços, muitas vezes perdem a motivação diante dos obstáculos. Portanto, celebre e reconheça os esforços de todos os participantes.

 

Mesmo aproveitando oportunidades, planejando e seguindo os passos acima, muitas vezes os contextos interno e externo à organização são fatores impeditivos do sucesso do plano. Esteja aberto a modificá-lo, ajustando metas e prazos, encontrando alternativas para que as oportunidades sejam aproveitadas de forma inteligente, com humildade para dar um passo para trás e poder, em seguida, dar dois passos para frente.  Afinal, de nada adianta ir rápido para o destino errado.

 

Um excelente 2018, cheio de oportunidades e realizações!

 

LORENA LACERDA é diretora-executiva do Grupo Valure, associada à Fundação Dom Cabral em Mato Grosso, coach e mentora de executivos.




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Leia mais notícias sobre Opinião:
Junho de 2018
24.06.18 08h29 » Discursos Políticos
24.06.18 08h20 » Violência contra o idoso
24.06.18 08h15 » Revolução sem reflexão
23.06.18 23h00 » O ano começou!
23.06.18 22h50 » O tamanho ideal do Estado
22.06.18 23h10 » Mais um golpe no ar!
22.06.18 23h00 » Intervenção militar
22.06.18 13h15 » Viena: cidade global
22.06.18 13h07 » A velha e boa política está aí
21.06.18 23h00 » Analfabeto funcional

1999-2018 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados