ENQUETES

Após a operação da PF, você vai parar de comer carne da Sadia, Perdigão, Friboi e Seara?

PUBLICIDADE

Opinião / JULIO CAMPOS NETO
09.01.2017 | 23h00
Tamanho do texto A- A+

100 anos

Encontrei no meu avô, Júlio Domingos de Campos, a tranquilidade, paciência, irmandade e força de trabalho

Ao receber o convite da minha prima Mônica para escrever sobre meu avô Julio Domingos de Campos, despertou-me lembranças positivas da minha infância e posteriormente da minha juventude e início da minha carreira profissional.

 

Quando menino vivia em Brasília-DF, aonde meu pai Júlio Campos foi deputado federal e senador até 1999. Nesta época meu avô era um jovem senhor, meio distante, aonde eu era obrigado nos dias de domingo durante as minhas ferias visita-lo e tomar a sua benção.

 

Não era uma pessoa com muita importância na minha vida, até que o destino me mostrou quem era aquele homem que eu carregava o seu nome.

 

O ano de 1998, filho de senador e ex-governador, estudava em São Paulo -SP na faculdade FMU, o curso de administração de empresas.

 

As pesquisas demonstravam certo favoritismo do meu pai, tinha 45% na pesquisa IBOPE de preferência para governador de MT. Infelizmente, decisões políticas equivocadas, Duda Mendonça e outros erros, levaram no fim das eleições, meu pai sofrer a sua primeira derrota política na carreira, com consequências financeiras a serem sentidas por décadas seguintes.

 

Foi neste período de dificuldade que os almoços de domingo na casa do meu avô se transformaram em almoços diários e que realmente conheci o homem que saiu do sítio como "tirador de leite" e se tornou vereador e duas vezes prefeito da sua cidade, feito esse que foi repetido no futuro pelo seu filho Jayme Veríssimo de Campos e sua nora Lucimar Campos (esposa do próprio Jayme).

 

Se o Fiote era um ancião, com uma história de vida já consolidada e de modo de se ver e admirar; comecei a aprender com esse líder ensinamentos que carrego comigo e passarei para as próximas gerações da família Campos.

 

Mais que político, seo Julio, foi um grande empresário e poupador. Começou sua carreira como pequeno comerciante, "bolicheiro", e ao lado da sua esposa Amália, se tornou representante das indústrias Matarazzo em Mato - Grosso, transformando seu  "boliche" em atacado.

 

Esta transformação pode ser melhor explicado pelo Governador Jayme Campos, já que foi no balcão que Jayme aprendeu administrar e administrou o estado de forma exemplar.

Meu avô me ensinou a valorizar cada centavo, se gastar menos do que se ganha sempre, viver de forma simples, porque o luxo é caro

Meu avô me ensinou a valorizar cada centavo, se gastar menos do que se ganha sempre, viver de forma simples, porque o luxo é caro, e que o maior bem do homem é a sua família.

 

São ensinamentos simples, de um homem simples, que utilizou do trabalho, da economia e do amor para viver uma vida confortável financeiramente e possibilitou em criar 10 filhos, sendo que dois se tornaram governadores.

 

Seo Júlio viveu até os seus 90 anos de idade, trabalhando, economizando e amando a sua família e amigos.

 

Encontrei no meu avô, Júlio Domingos de Campos, a tranquilidade, paciência, irmandade, força de trabalho e sabedoria para enfrentar todas as dificuldades que já enfrentei e ainda ei de enfrentar na minha vida e nos meus negócios.

 

Foi o seo Júlio, que formou o meu caráter, aonde a persistência, a honestidade, a fé em Deus e no trabalho e a sabedoria da economia são fundamentais para descrever como tô o as minhas decisões e ajo na minha vida, como meu avô, também acredito no amor a família e no trabalho.

 

Hoje, há neste plano, dois homens que carregam este nome que representa muito para muitas pessoas.

 

Peço diariamente a Deus, poder honrar o nome do meu pai e da minha mãe, mas o nome que eu e meu filho carregamos é do meu avô Júlio Domingos de Campos.

 

A história do nome Júlio Domingos de Campos, foi e está sendo escrita, cabe a cada homem continuar escrevendo esta história  de forma ética, honrada, de muito trabalho e sabedoria de quem carrega esse nome.

 

Júlio Domingos de Campos neto é empresário em Cuiabá.




Clique aqui e faça seu comentário


3 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Julio Campos Neto  09.01.17 21h26
sr.Luciano, creio que o senhor deve estar me confundindo, com o meu primo em 2° grau, Gonçalo Domingos de Campos, ex-Vereador e Presidente da Camara Municipal de Várzea Grande, Deputado Estadual por 3 mandatos e hoje Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso. O Conselheiro Campos Neto é filho do saudoso ex-Prefeito de V.Grande e Deputado Estadual por vários mandatos,e Conselheiro do TCE-MT por mais de 20 anos Ary Leite de Campos e dona Nilda Godoy de Campos. Eu sou JULIO DOMINGOS DE CAMPOS NETO, filho do ex-Governador,ex-Senador e ex-Deputado Federal Julio Campos,e da falecida professora Isabel Coêlho Pinto de Campos, uma das fundadoras da Universidade Federal de MT,sou empresário do setor imobiliario e da construção civil, e não participo do serviço publico. Mais o meu parente Neto exerçe com dignidade as funções de Conselheiro, como fez o seu pai Ary Leite de Campos.
6
0
Luciano  09.01.17 10h00
Sendo conselheiro do tribunal de contas sem entender nada do assunto fica fácil economizar, quero ver trabalhando de sol a sol como a maioria dos brasileiros... VERGONHA!!!
47
16
Ademir Borges  09.01.17 09h00
Lindo o texto meu amigo Júlio Neto, conheço seu caráter, eu e minha família podemos afirmar que você realmente aprendeu com seu avô. Pois meu saudoso sogro conheceu bem seu avô realmente é isto e muito mais.
16
30

Leia mais notícias sobre Opinião:
Março de 2017
27.03.17 08h24 » Desmoralização de um Governo
27.03.17 08h19 » Pecados da carne
27.03.17 08h07 » Vale do Cuiabá
27.03.17 07h55 » Versos em riste
26.03.17 08h06 » Unemat e o novo momento
26.03.17 08h01 » Discurso político vazio
25.03.17 23h10 » De esquife
25.03.17 23h00 » Ferrovia
25.03.17 07h30 » Economia e consciência
25.03.17 07h20 » Tudo igual

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados