ENQUETES

Após a operação da PF, você vai parar de comer carne da Sadia, Perdigão, Friboi e Seara?

PUBLICIDADE

Negócios / EMPRESAS & NEGÓCIOS
24.02.2017 | 21h00
Tamanho do texto A- A+

Vale diz que Murilo Ferreira não renovará contrato como presidente

Contrato do executivo termina em maio; Ferreira apontou proximidade com os 65 anos, idade máxima para ficar no cargo pelo regra da empresa, como razão para saída.

DO G1

A Vale informou que Murilo Fererreira, diretor-presidente da mineradora, não renovará seu contrato atual após o término, no dia 26 de maio.

Murilo foi nomeado em maio de 2011, no lugar de Roger Agnelli, morto em março de 2016 em um acidente aéreo.

O executivo liderou a Vale durante um período de turbulência na indústria da mineração mundial e enfrentou alguns dos momentos mais difíceis da história da empresa, que tinha pesados investimentos em um período de preços mais baixos do minério de ferro.

 

 

Murilo Pinto de Oliveira Ferreira tem 63 anos e é graduado em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas (FGV-SP), com pós-graduação em Administração e Finanças pela FGV do Rio de Janeiro e especialização em M&A pela IMD Business School, em Lausanne, na Suíça.

Em teleconferência com investidores nesta sexta-feira (24), Ferreira disse que a decisão de deixar a Vale foi tomada na quinta-feira à noite, de forma antecipada, após especulações na imprensa sobre o tema. Segundo ele, um dos motivos para deixar o cargo é a proximidade de seus 65 anos, que serão completados em 2018.

 

 

"Nós temos como visão que devemos ter um limite de idade de 65 anos (para ocupar a presidência), isso para nós é um ponto muito importante", disse Ferreira, explicando que, se renovasse o contrato, teria apenas mais um ano no cargo.

"Felizmente, eu não tenho a mosca azul do poder, então eu achava que eu tinha que cumprir esse período."

O executivo afirmou ainda que decidiu antecipar a definição sobre sua saída da presidência após ter lido na imprensa que estaria fazendo contatos políticos para tentar se manter no cargo e negou que tenha agido dessa forma.

 

 

"Eu posso lhe garantir que nunca fiz incursões no meio político para obter o meu mandato... eu não misturo política com o melhor interesse da empresa", frisou.

 

O executivo disse também que houve uma reunião nesta manhã sobre sua saída, mas não deu detalhes dos temas tratados e nem mesmo de quem estava presente. Ferreira disse ainda que não sabe quem será o seu sucessor.

Que eu saiba, eu não tenho sucessor, eu nunca fui informado de ter esse sucessor e para falar a verdade eu nem desconfio quem será esse sucessor", declarou ele em teleconferência com a imprensa para comentar o assunto.

 

Carreira

O executivo tem mais de 30 anos de experiência no setor de mineração. Ele ingressou na Vale em 1998 como Diretor da Vale do Rio Doce Alumínio - Aluvale, atuando em diversos cargos executivos até sua saída em 2008, quando atuava como presidente da Vale Inco (atual Vale Canadá) e Diretor Executivo de Níquel e Comercialização de Metais Base da Vale, quando foi substituído por Tito Martins.

 

 

Em sua passagem pela Vale Canadá, Ferreira enfrentou uma prolongada greve, que contribuiu para que o executivo tivesse problemas de saúde pouco antes de deixar a empresa. Após sair da Vale, Ferreira foi convidado para ser um dos sócios fundadores da Studio Investimentos. Em março deste ano ele se desligou da gestora de ações para retomar a carreira executiva.

A indicação de Ferreira, em 2011, surpreendeu o mercado. O nome mais cotado de início era o de Tito Martins, que comandava a Vale no Canadá. A indicação do executivo, porém, foi bem recebida pelo mercado, na ocasião.

 

Fonte      http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/murilo-ferreira-deixara-presidencia-da-vale.ghtml




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados