Cuiabá, Terça-Feira, 20 de Novembro de 2018
VAREJO FORA DO ABISMO
26.10.2018 | 23h30 Tamanho do texto A- A+

Redes de franquia avançam no interior do país

A posição de liderança no ranking das que mais registraram expansão é de São José do Rio Preto

Divulgação

DA AGÊNCIA BRASIL

Os pontos de vendas de produtos e serviços de redes de franquia estão crescendo mais no interior e é cada vez mais forte a presença de novos empreendedores do setor fora do eixo Sul e Sudeste. Segundo levantamento da  Associação Brasileira de Franchising (ABF), com mais de 150 mil unidades, o setor obteve faturamento de R$ 79,496 bilhões no primeiro semestre deste ano, indicando alta de 6,8% sobre igual período do ano passado. A previsão é de crescimento entre 7% a 8% no encerramento de 2018.

 

A pesquisa da associação mostrou que entre as 30 cidades com o maior número de unidade franquiadas, 11 tiveram desempenho de destaque e sete delas estão fora das capitais: Campinas, Santo André, São Bernardo do Campo, São José do Rio Preto, Sorocaba e Guarulhos (SP) e Niterói (RJ).

 

A posição de liderança no ranking das que mais registraram expansão é de São José do Rio Preto, no centro-oeste do interior paulista, distante 442 km da cidade de São Paulo. No município, o sistema de franquia cresceu 12%.

 

Em segundo lugar na lista está Florianópolis, onde o número de empreendimentos aumentou 11%, passando de 621 para 690 unidades. São Bernardo do Campo aparece em terceiro com 715 unidades e alta de 9%; Brasília, em quarto, com 2.294 e expansão de 8%, e Belo Horizonte com 2.115 e alta de 8%. O levantamento mostra que 43,3% dos 30 municípios com maior expansão são capitais que pertencem às regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

 

Interiorização

 

A gerente de inteligência de mercado da ABF, Vanessa Bretas, informou que o movimento de interiorização foi detectado nos últimos quatro anos e “intensificou-se nesse primeiro semestre”.

Hoje são 152.668 unidades no país e, diferentemente, da característica inicial de instalação em grandes shoppings, os produtos e serviços em sistema de franquia estão ganhando novos espaços. “Tem crescido a presença de lojas físicas em ruas, galerias comerciais, hospitais, laboratórios de análises clínicas e terminais de transportes como o metrô e aeroportos.”

 

Segundo a gerente, o que tem motivado o aumento da rede no interior e entre outras regiões é a melhoria do poder de consumo nas áreas escolhidas e, também, o fato de que nesses locais ainda não havia acesso aos produtos e serviços franqueados. No caso de São José do Rio Preto, com dinâmica de consumo influenciada pelas atividades do agronegócio, o município atua como um polo, permitindo que os pontos de venda se estendam para cidades próximas, informou.

 

Além da diversificação dos locais, junto com os novos empreendedores estão chegando os serviços de consultoria financeira e de contabilidade, entre outros. O carro-chefe, no entanto, continua sendo a venda de alimentos

Entre as 30 cidades com o maior número de lojas franqueadas, 19 são capitais, ante um total de 20, em 2017. A alteração se deve ao fato de que Londrina, município do interior do Paraná passou a ocupar a 30ª posição, ao substituir a capital da Paraíba, João Pessoa.

 

Dados Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce)  apontam para um avanço desses centros comerciais no interior do país. A maioria dos empreendimentos inaugurados entre 2017 e 2018, ou seja 78% ocorreram em cidades fora das capitais. E mais da metade, 61%, estão localizados nas regiões Centro-Oeste, Nordeste e Norte.

 

 

Fonte     http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2018-10/redes-de-franquias-se-espalham-no-interior-do-pais




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia