ENQUETES

Na sua opinião, Pedro Taques deve disputar a reeleição?

PUBLICIDADE

Mundo / ACIDENTE MARÍTIMO
17.06.2017 | 19h00
Tamanho do texto A- A+

7 marinheiros estão desaparecidos após destróier dos EUA se chocar com cargueiro

Ao menos 2 ficaram feridos - entre eles o comandante, Bryce Benson - após o navio militar colidir com um cargueiro filipino em águas próximas ao Japão. Destróier precisou ser rebocado devido ao dano.

(17) (Foto: Iori Sagisawa/Kyodo News via AP)

Clique para ampliar

Do G1

Sete marinheiros do destróier americano USS Fitzgerald estão desaparecidos e ao menos dois ficaram feridos - entre eles o comandante, Bryce Benson - após o navio colidir com um cargueiro filipino em águas próximas ao Japão neste sábado (17), informou a Guarda Costeira japonesa.

 

O choque ocorreu às 2h30 (horário local, 14h30 de sexta em Brasília), a cerca de 100 km de Yokosuka e a 20 km do litoral da província de Shizuoka. Imagens mostram danos consideráveis no lado direito do navio militar americano. O cargueiro aparentemente sofreu menor avaria com a colisão.

 

A Marinha americana e a Guarda Costeira japonesa informaram que o cargueiro envolvido na colisão é o filipino ACX Crystal. O navio tem 223 metros de comprimento e 29 toneladas, segundo a rede de televisão "NHK".

O USS Fitzgerald não corre risco de naufragar, mas não pode navegar sozinho e necessita da assistência de rebocadores, segundo fontes da Marinha americana citadas pela rede de televisão "CNN".

Cinco embarcações da Guarda Costeira japonesa e dois aviões foram deslocados para os trabalhos de resgate e de busca por desaparecidos.

 

Às 9h locais (21h de sexta em Brasília), o USS Fitzgerald navegava rumo à base de Yokosuka, a principal dos EUA no Japão, destinada a apoio em missões de paz e segurança na região da Ásia banhada pelo Oceano Pacífico.

O comandante americano da Frota do Pacífico, almirante Adam Swift, afirmou que a prioridade é "a segurança do navio e dos nossos marinheiros" e agradeceu o apoio dos japoneses após o acidente.

 

O navio tem uma tripulação de cerca de 330 marinheiros e pertence à classe Arleigh Burke, de destróiers lança-mísseis. São os de maior tamanho e poder de fogo construídos pelos americanos. O cargueiro filipino, por sua vez, se dirige para concluir sua rota, navegando para Tóquio, segundo a "NHK".

 

 

Fonte     http://g1.globo.com/mundo/noticia/7-marinheiros-estao-desaparecidos-apos-destroier-dos-eua-se-chocar-com-cargueiro.ghtml




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados