ENQUETES

Você acha que os políticos, conselheiros e empresários alvos da PF serão condenados?

PUBLICIDADE

Meio Ambiente / ACIDENTE MARÍTIMO
20.08.2017 | 19h00
Tamanho do texto A- A+

Resíduos de contêineres que caíram de navio são encontrados a 100 km de local do acidente na costa de SP

Prefeitura de Peruíbe, no litoral paulista, notificou órgãos ambientais sobre o encalhe de materiais.

(Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá )

Clique para ampliar

Resíduos devem ser limpos das praias em até uma semana, segundo Ibama

do G1

A Prefeitura de Peruíbe, no litoral de São Paulo, informou neste sábado (19) que resíduos provenientes dos 46 contêineres que caíram de um navio na barra de Santos, a 100 km de distância, foram localizados na orla da cidade. A empresa responsável pelos compartimentos já iniciou um plano emergência para retirar os materiais.

 

Há uma semana, as caixas metálicas foram lançadas ao mar, a quatro quilômetros da costa, depois que o navio Log-In Pantanal foi atingido por ondas de até 4,5 metros. A embarcação aguardava para realizar manobra de entrada no Porto de Santos. Mercadorias, que ficaram espalhadas, foram saqueadas.

 

Apenas oito contêineres flutuaram e alguns encalharam em praias de Guarujá (SP) e Praia Grande (SP). Resíduos foram localizados na orla das cidades da Baixada Santista nos dias seguintes ao acidente. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) acompanha os impactos.

 

Neste sábado, o Departamento Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Peruíbe informou os órgãos ambientais sobre a localização de despejos em praias fechadas do Mosaico da Juréia, uma área de preservação ambiental. A empresa armadora do navio foi notificada sobre a necessidade de mobilizar equipes ao local.

 

Desde o ocorrido, a Log-In montou uma força-tarefa para limpar as áreas atingidas. Para Peruíbe, a prefeitura informa que foi acionado um plano emergencial de retirada dos materiais. Até sexta-feira (18), ao menos 23 mil litros de resíduos já tinham sido recolhidos da orla de cidades que registraram o encalhe de resíduos.

 

Acidente

A queda ocorreu na madrugada de sexta-feira, do navio Log In Pantanal, então no Fundeadouro 3 do Porto de Santos. O mau tempo, segundo a empresa proprietária do navio, contribuiu para o ocorrido, que é alvo de uma investigação da Capitania dos Portos. Nenhum tripulante ficou ferido.

 

Por segurança, o canal de navegação, que serve de acesso ao cais santista, está sendo monitorado por equipamentos que identificam objetos submersos. Entre sexta e sábado (12), a via navegável teve que ser bloqueada. A Marinha do Brasil emitiu uma alerta aos navegantes por causa das caixas metálicas no mar.

Aparelhos de ar-condicionado, mochilas, material hospitalar, pneus, toalhas e tapetes estão entre as cargas armazenadas nos contêineres que caíram na água e apareceram flutuando na região. Alguns compartimentos se romperam e parte da carga se espalhou entre a barra de Santos e a região costeira das cidades.

 

As autoridades ambiental e marítima informaram que ainda não conseguem estimar a área total para onde os contêineres se espalharam. Entretanto, permanecem monitorando a região costeira da Baixada Santista para tentar identificar, localizar e mapear as outras 38 caixas que ainda podem reflutuar.

Ao menos 11 pessoas foram detidas em flagrante por saquearem contêineres que boiavam na barra de Santos.

 

Entre os produtos recuperados, estão eletrônicos, eletrodomésticos, pneus de bicicleta e peças de vestuário. As mercadorias foram apreendidas e as pessoas acabaram liberadas na delegacia.

A maior parte dos flagrantes envolveu ocupantes de embarcações nas proximidades da comunidade do bairro Santa Cruz dos Navegantes. Outro grupo foi detido ao desembarcar na Praia do Guaiúba, ambos em Guarujá. O policiamento também monitora a orla das demais cidades da região.

 

 

Fonte      http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/porto-mar/noticia/residuos-de-conteineres-que-cairam-de-navio-sao-encontrados-a-100-km-de-local-do-acidente-na-costa-de-sp.ghtml




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados