ENQUETES

Qual seu principal desejo para 2017?

PUBLICIDADE

Judiciário / CHEFE DO MPE
02.01.2017 | 18h12
Tamanho do texto A- A+

Prado entrega lista tríplice e reforça nomeação de mais votado

Procurador-geral de Justiça se reuniu com o secretário da Casa Civil, Paulo Taques, nesta segunda

Marcus Mesquita/MidiaNews

Clique para ampliar

O procurador-geral de Justiça Paulo Prado foi recebido pelo secretário Paulo Taques

AIRTON MARQUES
DA REDAÇÃO

O procurador-geral de Justiça Paulo Prado voltou a defender que o governador Pedro Taques (PSDB) nomeie o promotor mais votado na eleição interna para chefiar o Ministério Público Estadual.

 

Na tarde desta segunda-feira (2), Prado esteve no Palácio Paiaguás e entregou ao secretário-chefe da Casa Civil, Paulo Taques, a lista tríplice encabeçada pelo promotor Mauro Curvo, que na votação interna da instituição, ocorrida no dia 15 de dezembro, recebeu 140 votos.

 

A partir de agora, o governador tem 15 dias corridos para escolher o substituto de Prado.

 

Pedi ao secretário que Taques, respeitando a prerrogativa constitucional do governador, avaliasse a possibilidade de escolher aquele que a classe colocou como o mais votado

“Pedi ao secretário que Taques, respeitando a prerrogativa constitucional do governador, avaliasse a possibilidade de escolher aquele que a classe colocou como o mais votado. Independente de nome, mas porque a classe demonstrou que o doutor Mauro Curvo é a pessoa que eles gostariam de ter na condição de procurador-geral de Justiça”, afirmou.

 

“Ponderei isso e ele disse que irá levar este posicionamento ao governador, assim que voltar das férias, no próximo dia 9 de janeiro. Vamos aguardar”, completou.

 

A lista tríplice ainda é formada pelo promotor José Antônio Borges (115 votos) e a procuradora Eliana Maranhão (97 votos).

 

O secretário Paulo Taques preferiu não falar com a imprensa sobre a reunião com o procurador-geral.

 

Tradição

 

Em Mato Grosso, tradicionalmente, o mais votado internamente pelos membros do Ministério Público é o escolhido pelo chefe do Executivo.

 

Além disso, segundo Prado, Taques, quando ainda era candidato ao Palácio Paiaguás, em 2014, assinou o compromisso de levar em consideração os resultados das votações da instituição.

 

“Mato Grosso tem a tradição de sempre escolher o mais votado. Pelo o que conheço do governador, ele é um democrata, uma pessoa que pertenceu ao Ministério Público e que sempre lutou para ser respeitada a vontade da classe. Acredito que, na hora de usar a prerrogativa, ele deva escolher o mais votado. Mas, se isso não acontecer, a instituição está em boas mãos, com qualquer um dos três”, declarou.

 

Leia mais:

 

Promotor Mauro Curvo é o mais votado para chefiar o MPE

 




Clique aqui e faça seu comentário


2 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Gilson  03.01.17 14h24
Melhor candidato,o mais VOTADO,pois respeitará a vontade da classe e da sociedade.
1
1
Carlos Nunes  03.01.17 09h08
Melhor candidata - ELIANA MARANHÃO, está faltando humanizar mais o MPE. O coletivo começa com o direito individual...é a dona Maria que vai no Posto de Saúde, e não tem médico - cadê o direito constitucional da Saúde da dona Maria? Ela representa todos nós. Somos todos dona Maria. Ela está andando no bairro e é assaltada - cadê o direito constitucional da Segurança da dona Maria? Ela leva o netinho para matricular na Creche ou na Escolinha, e dizem que não tem vaga. Cadê o direito constitucional da Educação da dona Maria, de seu netinho?
6
2

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados