ENQUETES

Nessas eleições, você pretende:

PUBLICIDADE

Judiciário / URNA ELETRÔNICA EM XEQUE
14.05.2018 | 06h30
Tamanho do texto A- A+

MP e juízes põem em xeque urna eletrônica

Eles questionam a falta de uma impressora acoplada em um país com 'altíssimos índices de corrupção'

de O TEMPO

Uma nota técnica subscrita, até aqui, por 144 promotores e procuradores do Ministério Público e também juízes, alerta para a “impossibilidade de fiscalização efetiva das eleições realizadas por meio de urnas eletrônicas, sem voto impresso, por parte do cidadão, do Ministério Público e do Poder Judiciário”. Eles põem em xeque o uso da urna eletrônica sem uma impressora acoplada em um país com “altíssimos índices de corrupção”. 

 

“As urnas eletrônicas possuem intrincado e complexo funcionamento, que requer conhecimento técnico-eletrônico especializado.

 

Em face da ausência desse conhecimento, os membros do Ministério Público e do Judiciário não têm como exercer sua função constitucional de fiscalizar a lisura de um sistema eleitoral eletrônico”, afirmam os promotores.

 

Segundo a nota técnica, “o cidadão, por também não possuir conhecimento técnico-eletrônico, não tem possibilidade de exercer sua cidadania na fiscalização do sistema eleitoral”.

 

“Sem voto impresso, restam maculados os princípios da legalidade, publicidade, transparência, moralidade, eficiência do processo eleitoral, culminando com a quebra do Estado democrático de direito”, destacam os promotores e procuradores.

 

Fonte      https://www.otempo.com.br/capa/pol%C3%ADtica/mp-e-ju%C3%ADzes-p%C3%B5em-em-xeque-urna-eletr%C3%B4nica-1.1610504




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia
1999-2018 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados