ENQUETES

Com mais esse escândalo, você acha que Temer deve renunciar?

PUBLICIDADE

Judiciário / DÍVIDA
15.03.2017 | 11h20
Tamanho do texto A- A+

Juiz manda despejar loja de calçados do Shopping Pantanal

A filial da empresa tem 15 dias para deixar o local após a notificação oficial

Marcus Mesquita/MidiaNews

Clique para ampliar

Fachada da Loja Luciula no Shopping Pantanal: despejo decretado

LUCAS RODRIGUES
DA REDAÇÃO

O juiz Luiz Octávio Oliveira Saboia Ribeiro, da 3ª Vara Cível de Cuiabá, determinou o despejo da filial da Luciula Calçados e Acessórios Ltda, localizada no Shopping Pantanal, em Cuiabá, que teria dívidas na ordem de R$ 202 mil com o estabelecimento.

 

A decisão, que cabe recurso, foi publicada na última sexta-feira (10). A empresa tem até 15 dias, após a intimação oficial, para desocupar o local.

 

No processo, o shopping relatou que firmou contrato de locação com a loja em novembro de 2009, que tinha vigor até 29 de novembro de 2014. O valor inicial da locação era de R$ 8,2 mil e, ao final do contrato, já estava atualizado em R$ 12,4 mil.

 

Apesar disso, a Luciula ainda permaneceu no espaço, passando a locação ter o prazo indeterminado.

 

Ao manter-se no imóvel após a sua notificação para desocupação, a ré/locatária violou o direito do autor/locador

Desta forma, por não ter mais interesse na permanência da loja no local, em setembro de 2016 o shopping notificou a loja para desocupar o espaço em 30 dias, ou seja, até 16 de outubro de 2016.

 

"Ocorre que decorreu o prazo de 30 dias para desocupação, até o momento a locatária mantem-se na posse do imóvel, inclusive não encerrou suas atividades comerciais, logo, privando o locador de exercer o seu direito a propriedade".

 

Além disso, segundo o shopping, a loja não tem feito os pagamentos dos aluguéis e encargos, "perfazendo a dívida atualmente no importante de R$ 202,4 mil".

 

"Ou seja, além de o locador estar sendo privado de exercer os direitos inerentes a propriedade do imóvel, e utilizá-lo da forma como melhor lhe convir, ainda sofre prejuízos financeiros".

 

Despejo decretado

 

Na decisão, o juiz Luiz Octávio registrou que o shopping, de fato, provou a existência da relação locatícia, a vigência por prazo indeterminado e a n"otificação premonitória acerca da intenção do autor/locador de retomar o imóvel".

 

"Assim, conclui-se que, ao manter-se no imóvel após a sua notificação para desocupação, a ré/locatária violou o direito do autor/locador previsto no artigo 59, inciso VIII, da Lei n. 8.245/1991, o que viabiliza a pretensão deste em recuperar liminarmente o imóvel locado", disse.

 

"Desta feita, defiro a liminar pleiteada, nos termos do artigo 59, inciso VIII, da Lei n. 8.245/1991, com a redação dada pela Lei n. 12.112/2009, e determino que a ré desocupe, no prazo de 15 (quinze) dias, o ESC (espaço comercial) n. 2113 – Pantanal Shopping, objeto do contrato de locação que instrui a presente ação de despejo", decidiu.

 

O magistrado, porém, determinou que o shopping pague uma caução equivalente a três meses de aluguel, em até cinco dias, para que haja o cumprimento da decisão.

 

"Após a prestação de caução, expeça-se o mandado de despejo".

 

Luiz Octávio Ribeiro ainda marcou uma audiência de conciliação entre as partes, que deverá ocorrer no dia 22 de maio, às 9h.

 

Outro lado

 

A redação não conseguiu entrar em contato com a assessoria ou com a defesa da loja Luciula.




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados