ENQUETES

A que você atribui a renovação da Assembleia e da Câmara neste ano em MT?

PUBLICIDADE

Judiciário / LAVAGEM
28.12.2017 | 15h11
Tamanho do texto A- A+

Juiz estipula R$ 80 mil de fiança e Arcanjo fica perto da liberdade

Ex-bicheiro está preso na Penitenciária Central do Estado, após ser transferido de Mossoró

Divulgação

Clique para ampliar

O ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro, que está há 15 anos na prisão

CÍNTIA BORGES
DA REDAÇÃO

O juiz Paulo Cézar Alves Sodré, da 7ª Vara da Justiça Federal em Mato Grosso, estipulou fiança de R$ 80 mil e determinou a expedição do alvará de soltura do ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro.

 

A decisão, no entanto, não significa liberdade imediata, já que ele ainda tem prisões decretas por outros crimes.

 

A decisão é de novembro deste ano. Nela, o juiz ainda impõe o uso de tornozeleira eletrônica e o comparecimento mensal em juízo.

 

O processo diz respeito ao crime de lavagem de dinheiro a que ele responde. A reportagem apurou que os R$ 80 mil já foram pagos.

 

Com a determinação, Arcanjo fica mais próximo da liberdade. Agora, o ex-bicheiro aguarda a elaboração do novo cálculo de pena e uma certidão circunstanciada de todos os processos penais a que ele responde.

 

Isso deve ser elaborado pelo juiz Geraldo Fidelis, da Vara de Execuções Penais, quando acabar o recesso forense, no dia 8 de janeiro.

 

Em novembro, a defesa de Arcanjo havia entrado com pedido de progressão de pena (para o regime semiaberto) e pediu um exame psiquiátrico para atestar que ele está apto a deixar a prisão.

 

O exame constatou que Arcanjo tem “baixa probabilidade” de cometer novos atos de violência e atos ilícitos

 

Condenações

 

João Arcanjo está há 15 anos na prisão, condenado pelo assassinato do empresário Sávio Brandão, entre os outros crimes.

 

O ex-bicheiro está preso na Penitenciária Central do Estado (PCE) desde setembro, após ser transferido da Penitenciária Federal de Mossoró (RN).

 

O ex-bicheiro foi considerado o chefe do crime organizado nas décadas de 80 e 90 em Mato Grosso. Ele foi condenado por crimes que vão de assassinatos a lavagem de dinheiro e contrabando.

 

Somadas, as penas chegam a 82 anos e seis meses de prisão.

 

Leia mais sobre o assunto

 

Exame psiquiátrico atesta que Arcanjo está apto a deixar prisão

 

Juiz determina perícia em Arcanjo, que tenta o regime semiaberto




Clique aqui e faça seu comentário


5 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

teves neves  30.12.17 07h54
ta na hora de soltar o homem, esse já pagou, tem muitos ai que deveriam pagar e nada....
4
1
Conceição  29.12.17 18h04
Eu acho que já estava passando da hora, acho que ele tem que sair mesmo, em setembro mataram um jovem pai de família trabalhador mataram a facadas e dia 24 de dezembro soltaram os assassinos da prizão porque? Que justiça é essa e Arcanjo já tem 15 anos prezo e esses assassinos só ficou 2 meses e meio porque?
4
1
Paulo   28.12.17 19h03
Fica aquela impressão que o crime compensa não é mesmo?
26
10
Rafael  28.12.17 18h13
Já estava na hora.
21
18
Jorge   28.12.17 16h57
Maravilha !!!!
70
31
1999-2018 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados

Ver em: Celular - Web