Cuiabá, Quarta-Feira, 12 de Dezembro de 2018
Fogo Amigo
13.04.2018 | 08h45 Tamanho do texto A- A+

Sinal verde

Virgínia libera Mendes para peitar Governo

DA REDAÇÃO
Virgínia Mendes Primeira-dama

A ex-primeira-dama Virgínia Mendes: aval para a disputa

A ex-primeira-dama de Cuiabá, Virgínia Mendes, tem dado demonstrações inequívocas de que não criará nenhum tipo de constrangimento caso seu marido, Mauro Mendes (DEM), decida ser candidato ao Governo.

 

Nos últimos dias, ela deixou claro a interlocutores políticos que a decisão será do ex-prefeito. "Caso Mauro desista, não será por questões familiares. Nesse quesito, ele tá liberado", disse uma fonte.

 

Apesar disso, questões de cunho empresariais ainda atormentam Mendes, que teme se desorganizar caso decida voltar para a política. Sua empresa, a Bimetal Indústria Metalúrgica Ltda, está em recuperação judicial, mas cerca de 60% dos passivos, da ordem de R$ 100 milhões, já foram resolvidos em função do empenho do ex-prefeito.




Leia mais notícias sobre Fogo Amigo:
Dezembro de 2018
12.12.18 16h45 » Agro reage
12.12.18 16h08 » Tempos bicudos
12.12.18 14h00 » Suspeito de fraudes
12.12.18 09h41 » Saldo zero
12.12.18 09h07 » "Águas do Cerrado"
12.12.18 08h15 » Luto na cuiabania
11.12.18 15h25 » Na fronteira
11.12.18 14h15 » Aeroporto de VG
11.12.18 09h19 » Contrariou o TRE
11.12.18 07h47 » Garganta seca