ENQUETES

Você é a favor ou contra a saída de Blairo Maggi da política?

PUBLICIDADE

Fogo Amigo
11.10.2017 | 16h00
Tamanho do texto A- A+

Não adiantou nada

Delegado: ex-secretário quer livrar esposa

DA REDAÇÃO

Flávio Stringueta 04-10-2017

O delegado Flavio Stringueta, um dos responsáveis pelas investigações dos grampos ilegais

O delegado Flávio Stringueta – um dos responsáveis pela investigação das escutas clandestinas – disse que a confissão feita pelo ex-secretário-chefe da Casa Civil, coronel Evandro Lesco, pouco acrescenta aos fatos em apuração.

 

Na última terça (10), Lesco admitiu ter agido de modo a atrapalhar as investigações do caso, como forma de conseguir o afastamento do desembargador Orlando Perri, relator do inquérito dos grampos no Tribunal de Justiça.

 

Para Stringueta, o fato seria, na verdade, uma estratégia de Lesco, na tentativa de livrar sua esposa, Helen Christy da prisão.

 

“Ele confessou todos os fatos a ele atribuídos na Operação Esdras, numa tentativa de livrar sua mulher. Não acrescentou nada. Portanto, sua estratégia não convenceu. O que ele confessou já está plenamente confirmado nos autos. Os investigados têm o direito de ficar calados e também de mentir, desde que não atribuam falsamente crime a outrem. Pelo jeito ele está mentindo, pois conflita com todas as provas dos autos”, disse o delegado.




Leia mais notícias sobre Fogo Amigo:
Fevereiro de 2018
21.02.18 16h00 » Fato novo
21.02.18 13h59 » Tamo junto!
21.02.18 08h18 » Deu na Veja
21.02.18 08h17 » Na mira da Bereré
21.02.18 07h40 » Água em Chapada
21.02.18 07h02 » Rondonópolis
20.02.18 15h16 » Quase fora
20.02.18 14h11 » R$ 804 mil
20.02.18 11h10 » Grampolândia
20.02.18 08h32 » "Meu amigo"

1999-2018 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados