ENQUETES

Você acha que os políticos, conselheiros e empresários alvos da PF serão condenados?

PUBLICIDADE

Fogo Amigo
20.03.2017 | 08h04
Tamanho do texto A- A+

"Idiotice"

Blairo se irrita com conclusões da PF

DA REDAÇÃO

Blairo Maggi

O ministro da Agricultura Blairo Maggi, que criticou a PF

O ministro da Agricultura Blairo Maggi não escondeu o descontentamento com a forma como a PF conduziu a Operação Carne Fraca, que investigou um esquema de pagamento de propina por parte de frigoríficos a fiscais sanitários.

 

A operação foi desencadeada na semana passada, com a decretação de 38 mandados de prisão para servidores e executivos de frigoríficos, entre eles JBS e BRF, os dois maiores do Brasil.

 

Para Maggi, a PF errou em alguns pontos por falta de conhecimento. O ministro questionou a informação de que ácido ascórbico, usado em certos produtos, seria cancerígeno conforme a PF, quando na verdade se trata de vitamina C. Outra queixa diz respeito ao uso de cabeça de porco em embutidos, citado pelos policiais, mas permitido pela legislação.

 

Porém, o que causou mais irritação no ministro foi a interpretação de um grampo telefônico em que se falava em uso de papelão. Para os policiais federais, o papelão estava sendo misturado à carne em um frigorífico. “Está claro que se trata de uso como embalagem. Usar papelão na carne seria uma idiotice, uma insanidade”,  afirmou Maggi.




Leia mais notícias sobre Fogo Amigo:
Setembro de 2017
20.09.17 08h31 » "Desenvolvimento"
20.09.17 08h30 » Strike
19.09.17 17h05 » Conexão MT
19.09.17 14h31 » Maggi na mira
19.09.17 14h05 » Encrencado
19.09.17 14h00 » Negócios
19.09.17 11h09 » Soco no elevador
19.09.17 09h20 » Efeito delação
19.09.17 09h01 » Banda podre
19.09.17 07h00 » Suposta calúnia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados