Cuiabá, Quarta-Feira, 16 de Janeiro de 2019
Fogo Amigo
08.08.2018 | 10h42 Tamanho do texto A- A+

Deu no Estadão

PT alega "prioridade" para se aliar a WF

DA REDAÇÃO
Valdir Barranco 26-09-2017

O deputado estadual Valdir Barranco (PT), presidente do PT estadual

O Jornal Estado de S.Paulo publicou nesta quarta-feira (10) uma reportagem mostrando os Estados em que o PT está coligado com partidos que apoiaram o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

 

Segundo levantamento do jornal, em 15 Estados o partido de Lula se aliou a siglas “golpistas”, na denominação petista.

 

“Em Mato Grosso, o senador Wellington Fagundes (PR), que votou favoravelmente ao impeachment, mas contra a suspensão dos direitos políticos de Dilma, conseguiu uma aliança com o PT para disputar o Governo do Estado”, diz o jornal.

 

O jornal ouviu o presidente do PT estadual, deputado Valdir Barranco. Conforme ele, como não foi possível fechar um acordo que reunisse siglas de centro-esquerda, o partido teve de pensar em “suas prioridades”.

 

“A política está em permanente mudança. Neste momento, a melhor tática é essa. Sem o ‘chapão’, não teríamos cociente eleitoral para eleger deputados.” 

 




Leia mais notícias sobre Fogo Amigo:
Janeiro de 2019
16.01.19 17h03 » Polícia Civil
16.01.19 14h20 » Servidores de MT
16.01.19 11h03 » Vetos cassados
16.01.19 08h31 » Mendes em Brasília
16.01.19 07h00 » Três no alto escalão
15.01.19 21h15 » Na labuta
15.01.19 15h56 » Caso Scheifer
15.01.19 11h50 » Linha dura no MPE
15.01.19 11h15 » R$ 65 mil mensais
15.01.19 08h40 » Porto