Cuiabá, Quarta-Feira, 12 de Dezembro de 2018
Fogo Amigo
12.03.2018 | 07h50 Tamanho do texto A- A+

Delação seletiva

Dóia teria omitido valores recebidos do crime

DA REDAÇÃO
doia fogo

O ex-presidente do Detran-MT, o Dóia: delação em risco

Uma das situações que podem complicar a delação premiada feita pelo ex-presidente do Detran-MT, Teodoro Lopes, o Dóia, diz respeito aos valores que ele recebeu no esquema de corrupção e desvio de dinheiro da autarquia.

 

Aos promotores de Justiça e delegados da Defaz, durante as oitivas, ele disse que recebeu valores da ordem de R$ 110 mil.

 

A própria investigação da Bereré, no entanto, apurou, até o momento, recebimentos de R$ 333 mil. A suspeita é que Dóia tenha feito uma delação seletiva, para tentar proteger empresas e a si próprio.

 

 

doia

 




Leia mais notícias sobre Fogo Amigo:
Dezembro de 2018
11.12.18 15h25 » Na fronteira
11.12.18 14h15 » Aeroporto de VG
11.12.18 09h19 » Contrariou o TRE
11.12.18 07h47 » Garganta seca
11.12.18 07h00 » No Paiaguás
10.12.18 16h53 » Benefício
10.12.18 14h41 » Animadinho
10.12.18 11h08 » Grampos S/A
10.12.18 10h20 » Buraco sem fundo
10.12.18 08h50 » Chefiou a Sejudh