Cuiabá, Terça-Feira, 20 de Novembro de 2018
CAMPEONATO BRASILEIRO 2018
27.10.2018 | 19h00 Tamanho do texto A- A+

Técnico do Internacional critica arbitragem após novo empate

O resultado complica ainda mais a vida do Internacional em relação a briga pelo título brasileiro

Divulgação

do ISTO É

O Internacional deixou o gramado pelo segundo jogo seguido reclamando da arbitragem. Na noite desta sexta-feira, o time gaúcho empatou com o Vasco por 1 a 1, em São Januário, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, em uma atuação polêmica do mineiro Igor Junio Benevenuto de Oliveira.

 

Após o apito final, jogadores e membros da comissão técnica cercaram a equipe de arbitragem – o volante Edenílson foi expulso por reclamação. A principal reclamação era o pênalti assinalado em cima de Kelvin aos 44 minutos do segundo tempo. O argentino Maxi López cobrou bem e deixou tudo igual no placar.

 

Por orientação do meia D’Alessandro, os jogadores colorados deixaram o gramado sem falar com a imprensa. Sobrou para Odair Hellmann. Revoltado, o treinador não questionou o pênalti, mas sim uma suposta falta não marcada em cima de Nico López no início da jogada que culminou na penalidade.

 

“De longe não posso dizer se foi pênalti e, se foi, vou bater palma para ele. Mas uma coisa eu tenho certeza: foi falta no Nico na origem do lance. Isso eu tenho certeza”, afirmou Odair Hellmann.

 

O resultado complica ainda mais a vida do Internacional em relação a briga pelo título brasileiro. O time assumiria a vice-liderança em caso de vitória, mas está em terceiro lugar, com 58 pontos. Agora vai buscar a vitória em casa na próxima rodada diante do Atlético-PR, no domingo, dia 4, no Beira-Rio

 

 

Fonte      https://istoe.com.br/tecnico-do-internacional-critica-arbitragem-apos-novo-empate/.




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia