ENQUETES

Como você vai gastar seu 13º salário?

PUBLICIDADE

Entrevista da Semana / ATAQUES
31.10.2016 | 09h09
Tamanho do texto A- A+

"Cuiabá merecia um debate mais franco sobre seus problemas"

Mauro Mendes diz que Cuiabá merecia um debate mais centrado nos problemas da cidade

Ednilson Aguiar/MidiaNews

Clique para ampliar

O prefeito Mauro Mendes, que se decepcionou com a campanha eleitoral que definirá a sucessão no Alencastro

CAMILA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

O prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (PSB) confessou ter se decepcionado com o comportamento dos candidatos Emanuel Pinheiro (PMDB) e Wilson Santos (PSDB), que disputam a sucessão ao Palácio Alencastro.

 

Segundo ele, a postura dos candidatos foi muito aquém do que se espera de alguém que terá o desafio de ser prefeito de uma Capital e de apresentar soluções aos problemas da cidade.

 

“Nesses últimos meses, depois que declinei de ser candidato, tenho trabalhado muito como prefeito. Não tenho tido muito tempo para ver os programas, vi alguns poucos e ouvi alguns comentários a respeito. Nada do que vi ou ouvi me agradou”, disse Mendes, em entrevista ao MidiaNews.

 

Cuiabá merece ou merecia um debate mais franco, mais verdadeiro sobre seus problemas, sobre seu presente e seu futuro. Isso eu vi poucas vezes

“Cuiabá merece ou merecia um debate mais franco, mais verdadeiro sobre seus problemas, sobre seu presente e seu futuro. Isso eu vi poucas vezes”, completou.

 

Na entrevista, Mendes também fala sobre sua gestão à frente do Executivo, sobre a “herança” que irá deixar para o próximo gestor e outros temas.

 

“Vamos entregar para o próximo prefeito uma Prefeitura absolutamente em condições para que ele continue fazendo um bom trabalho. Se for responsável, se for trabalhador e se aplicar corretamente o dinheiro, ele não terá problema”, afirmou.

 

Confira os principais trechos da entrevista:

 

MidiaNews – Do ponto de vista financeiro, como o próximo gestor irá encontrar a Prefeitura de Cuiabá?

 

Mauro Mendes – Absolutamente equilibrada. Uma Prefeitura com as contas em dia, salários em dia, pagamento de fornecedores em dia, com muitos projetos em andamento. Não recebi a Prefeitura dessa forma. E vou entregá-la muito melhor do que recebi, em muitos aspectos. Além de uma Prefeitura melhor, uma cidade melhor do que a que recebemos.

 

MidiaNews – Mas a Prefeitura dispõe de dinheiro em caixa? O próximo prefeito receberá o município em uma situação confortável ou há alguma preocupação neste sentido?

 

Mauro Mendes – Até hoje, a Prefeitura de Cuiabá - graças a um trabalho de equipe, a um esforço que estamos fazendo já há algum tempo, no sentido de economizar no custeio, de aplicar corretamente o dinheiro, fazer investimentos focado naquilo que dá mais resultado e melhor impacto para melhorar a cidade - está muito equilibrada, com as contas em dia. Vamos entregar para o próximo prefeito uma Prefeitura absolutamente em condições para que ele continue fazendo um bom trabalho. Se ele for responsável, se for trabalhador e se aplicar corretamente o dinheiro, não terá problema. Caso contrário, certamente, vai pegar algo muito bom e poderá, rapidamente, transformar em algo muito ruim.

 

Ednilson Aguiar/Midia News

Prefeito Mauro Mendes

"Prefeitura está absolutamente equilibrada, com as contas em dia"

MidiaNews – Em relação à obras em andamento e convênios, o que o senhor vai deixar de “herança” para a cidade?

 

Mauro Mendes – Vamos deixar para o próximo prefeito, para ser rápido, duas UPAs (Unidade de Pronto-Atendimento) em construção, um Pronto-Socorro em construção. Vamos passar também mais de uma dezena de creches em construção, novas escolas, obras de asfaltamento em vários bairros... Essas obras de asfaltamento não foram possíveis concluir neste ano, mas vamos deixar para ser entregues no ano que vem, com contrato assinado, com empreiteira trabalhando, com dinheiro em conta no convênio com a Caixa Econômica Federal. Mesmo se ele não mexer um dedo sequer, essas obras ficarão prontas no ano que vem.

 

O próximo gestor vai encontrar uma Prefeitura muito bem organizada, sob ponto de vista, inclusive, da gestão, do controle interno, da transparência, dos sistemas de informatização que foram aprimorados, sistemas de monitoramento que foram aprimorados neste período. Temos certeza de que conseguimos, com a equipe, com o trabalho do servidor, melhorar muito a eficiência da administração.

 

MidiaNews – O senhor sempre destaca duas grandes obras de sua administração, que são o Parque das Águas e o Porto Cuiabá. O Parque das Águas, por exemplo, o senhor prometeu entregar agora em dezembro. É possível cumprir esse prazo?

 

Mauro Mendes – Estamos trabalhando firmemente para isso. São obras muito desafiadoras, de alto arrojo, que, infelizmente, não tivemos o apoio de ninguém. Estamos executando as duas com 100% dos recursos da Prefeitura de Cuiabá e de alguns parceiros, por meio de recursos de TACs (Termo de Ajustamento de Conduta). É possível entregar até dezembro. É um grande desafio, mas tenho certeza que, com ajuda de Deus, e de toda a nossa equipe, nós entregaremos em dezembro.

 

MidiaNews – Em relação à obra do Porto Cuiabá, quanto já foi concluído? O que ainda terá que ser feito?

 

Tenho certeza que lá pelo dia 10 de dezembro nós estaremos entregando o Porto Cuiabá

Mauro Mendes – Basicamente estamos com 100% da obra concluída. Tínhamos um projeto do Aquário, que era para 2017, e nós antecipamos. Já estamos ligando a iluminação, finalizando a parte de calçamento. As obras dos bares já estão em andamento, o "food park" também. Tenho certeza que lá pelo dia 10 de dezembro nós estaremos entregando o Porto Cuiabá.

 

MidiaNews – O senhor acredita que o Porto Cuiabá, que fica em uma região com histórico de prostituição, drogas, violência, será uma obra bem aceita, “abraçada” pela população, assim como aconteceu com o Parque Tia Nair, por exemplo?

 

Mauro Mendes – O primeiro local entregue pela administração foi a revitalização do Dom Aquino, feita em parceria com o Shopping Popular, que foi abraçado e é hoje um espaço muito utilizado pela população. O Tia Nair foi o segundo e também é muito utilizado por pessoas de todas as regiões de Cuiabá. Ambos trazem o conceito de parques noturnos, muito bem iluminados e que foram abraçados em função do clima que nós temos e a noite torna-se mais aprazível você caminhar, fazer atividades físicas.

 

Porto Cuiabá e Parque das Águas vêm na mesma direção, com o conceito de serem parques noturnos, com atrações espetaculares. E serão muito melhores que esses dois primeiros. No caso específico do Porto, nós já estamos fazendo um trabalho de melhoria no entorno. Algumas casas irregulares que existiam ali já foram fechadas. Estamos requalificando o entorno, a Praça Luis Albuquerque. Ficamos anos aguardando dinheiro do Governo Federal e tive que romper com o Governo Federal mais uma vez. Estamos fazendo a praça com recursos da administração.

 

Acredito que, com esse trabalho de requalificação, não tenho dúvida nenhuma de que o Porto Cuiabá será um sucesso e o Parque das Águas um sucesso absoluto.

 

MidiaNews – Pesquisas divulgadas recentemente o colocam com mais de 80% de aprovação popular. O que o senhor acredita que foi o “pulo do gato”, o diferencial dessa administração?

 

Mauro Mendes – Primeiro quero deixar claro que esse alto índice de aprovação não é apenas do prefeito Mauro Mendes, é da administração na qual nós estamos como prefeito. Dessa administração fazem parte todos os secretários, servidores comissionados e os efetivos. Não fizemos nada sozinhos. Tudo é resultado do trabalho de uma equipe que soube trabalhar, soube focar a cidade, que trabalhou com seriedade e que deu resultado em todas as áreas.

 

Se olharmos para os bairros, vamos ver muitas obras da Prefeitura. Na Educação, na Saúde, na Assistência Social, em qualquer área nós temos importantes avanços e importantes melhorias. É por tudo isso que acredito que exista hoje um reconhecimento desse bom trabalho. Muito embora eu e todos nós saibamos que há muita coisa para ser feita na cidade.

 

Sempre disse que meu partido, o PSB, tinha uma coligação com o PSDB e que isso estava sendo respeitado por mim

MidiaNews – Em função dessa avaliação positiva, percebeu-se que, ao longo da campanha eleitoral deste ano, os dois candidatos que estão no segundo turno, a todo momento, querem “colar” a imagem deles à do senhor. Como viu essa movimentação?

 

Mauro Mendes – Fiz uma opção. Não podendo ser candidato e declinando de ir à reeleição, nós ficamos neutros no processo eleitoral. Sempre disse que meu partido, o PSB, tinha uma coligação com o PSDB e que isso estava sendo respeitado por mim e por muitos daqueles que estavam conosco na administração do nosso partido e em outras áreas, inclusive.

 

Fiz uma opção de não participar e fiquei contente quando vi que os candidatos aí colocados olharam com respeito para nossa administração, pois, acima de tudo, eles percebiam que a própria população tinha uma boa avaliação do trabalho que fizemos nos últimos quatro anos.

 

MidiaNews – O senhor optou por não subir no palanque do Wilson Santos, candidato do grupo político ao qual o senhor pertence. O senhor acha que pecou, errou ao não defender abertamente o candidato do grupo?

 

Mauro Mendes – Não considero que isso seja um erro, foi uma opção que eu fiz. Fiz essa opção porque lá atrás um dia, eu fui adversário do Wilson Santos. E ele deixou de fazer sua campanha, deixou de fazer conosco um debate de ideias, voltado à cidade de Cuiabá, um debate de propostas para o presente (lá em 2008) e para o futuro de nossa cidade.

 

Nós fomos atacados pessoalmente. Eu não esqueci, minha esposa não esqueceu. Os políticos têm que aprender que a política tem que ser feita com respeito às pessoas e, principalmente, às famílias dos candidatos. Por isso que não apoiei abertamente.

 

Se olharmos para os bairros, vamos ver muitas obras da Prefeitura. Na Educação, na Saúde, na Assistência Social

MidiaNews – O senhor acha que não foi egoísmo da parte do senhor não apoiá-lo, já que se tratava de uma questão pessoal? A desavença não falou mais alto que o espírito de grupo?

 

Mauro Mendes – Pergunto a você e a todos que nos leem neste momento: se você for ofendido pessoalmente, se ofender a sua família, ofender a sua dignidade, você esqueceria e sairia abraçado por aí com essa pessoa?

 

MidiaNews – Então o senhor se sentiria envergonhado de estar em um palanque ao lado do Wilson, de sair a rua e pedir votos para o Wilson Santos?

 

Mauro Mendes – Dele e de qualquer um que tenha esse comportamento desrespeitoso, não só com as famílias, mas com o próprio eleitor. Uma campanha tem que ser feita em cima de debate de ideias, de propostas e de críticas relacionadas à gestão e à administração para qual o candidato está se apresentado à sociedade.

 

Ednilson Aguiar/Midia News

Prefeito Mauro Mendes

"Fiz uma opção de não participar [do processo eleitoral]"

MidiaNews – Em função de tudo isso que ele lhe causou, o senhor pode dizer que não vota em Wilson Santos?

 

Mauro Mendes – Posso dizer que meu voto segue os princípios universais do voto: é secreto, indivisível, entre outras coisas mais.

 

MidiaNews – Se por um lado o senhor adotou essa postura neutra, a esposa do senhor, a dona Virgínia Mendes, fez alguns comentários nas redes sociais, publicações criticando o candidato Wilson Santos. O senhor concordou com a postura dela?

 

Mauro Mendes – Minha esposa é livre, maior de idade, tem autonomia, tem personalidade própria e capacidade de pensar e decidir o seu voto e as suas próprias opiniões. Não tenho nada a ver com isso. Nunca fiz nenhuma ação para cerceá-la, em nenhum momento de suas atitudes. Ela sempre foi uma grande companheira, sempre esteve ao meu lado e, sob qualquer aspecto, ela tem meu respeito e a minha consideração.

 

MidiaNews – O senhor acredita que as declarações que ela deu, de alguma forma, conseguiram alterar o cenário eleitoral? Mudar o voto de parte do eleitorado?

 

Mauro Mendes – Considero que ela é apenas uma eleitora, esposa do atual prefeito, que termina o mandato no dia 31 de dezembro de 2016 e que tem o direito, como todo o eleitor, como todo cidadão, de expressar suas opiniões. A capacidade de isso influenciar acho que não é tão grande assim.

 

MidiaNews – Ainda sobre essa questão de apoio ao candidato Wilson Santos, o senhor teme ser responsabilizado, apontado como culpado pelo grupo em uma eventual derrota dele? Até mesmo pelo fato de o senhor ter deixado para os “45 minutos do segundo tempo” o anúncio de que não sairia candidato à reeleição.

 

Mauro Mendes – Quando alguém ganha a eleição, todo mundo se acha responsável pela vitória. Quando alguém perde a eleição, normalmente é o candidato e o marqueteiro que não são bons. Se quiserem arrumar outros responsáveis, não tem problema não, estou disposto, inclusive, a fazer qualquer tipo de debate, inclusive sobre isso.

 

Toda crítica eu recebo com tranquilidade, principalmente quando ela é feita de forma respeitosa

MidiaNews – O deputado Eduardo Botelho chegou a fazer algumas críticas ao senhor, no sentido de que sua ausência no pleito eleitoral teria prejudicado o desempenho do PSB. Segundo ele, o partido poderia ter, inclusive, eleito um maior numero de vereadores. Como o senhor recebeu essas críticas?

 

Mauro Mendes – Respeito o Eduardo Botelho. Mas eu, particularmente, trabalhei para construir o partido, para construir o PSB, estou no partido há mais tempo que ele e, certamente, estarei por muito tempo. Toda crítica eu recebo com tranquilidade, principalmente quando ela é feita, como ele as fez, de forma respeitosa. Entretanto, eu trabalhei para ajudar a eleger a chapa de vereadores e tenho certeza de que ele trabalhou.

 

Agora, tem muita gente que critica e nunca moveu um dedo para fazer o PSB crescer no Estado de Mato Grosso.

 

MidiaNews – Quem são essas pessoas?

 

Mauro Mendes – A crítica serve para aquele que se enquadrar naquilo que eu disse.

 

MidiaNews – Em meio a toda essa discussão da campanha eleitoral, até o ex-prefeito Chico Galindo “ressurgiu” e veio a público criticar o senhor. Disse que o senhor não teve coragem de retirar a CAB de Cuiabá. O senhor acabou dando uma resposta dura, disse que está consertando as “cagadas” que ele fez na Prefeitura. Esse episódio o tirou do sério? Viu esse episodio como uma provocação?

 

Mauro Mendes – Me tirar do sério não é algo muito fácil, mas eu respondo à altura aquelas provocações que me são feitas. Principalmente porque eu não fico por aí mexendo com a vida de ninguém. E respondo a altura aqueles atrevidos que se metem a besta a falar aquilo que não devem.

 

Mauro Mendes – Ele não é a pessoa mais indicada para criticar a gestão do senhor?

 

MidiaNews – Endosso as suas palavras.

 

Não tenho tido muito tempo para ver os programas, vi alguns poucos e ouvi alguns comentários a respeito. Nada do que vi ou ouvi me agradou

MidiaNews – Como o senhor tem visto a campanha eleitoral, os programas eleitorais, os debates, as inserções no rádio e na televisão, com esse excesso de denúncia de ambos os lados?

 

Mauro Mendes – Nesses últimos meses, depois que declinei de ser candidato, tenho trabalhado muito como prefeito dessa cidade. Normalmente saio da Prefeitura por volta de 20 horas, 21 horas, 22 horas. Não tenho tido muito tempo para ver os programas. Vi alguns poucos e ouvi alguns comentários a respeito. Nada do que vi ou ouvi me agradou.

 

Cuiabá merece ou merecia um debate mais franco, mais verdadeiro sobre seus problemas, sobre seu presente e seu futuro. Isso eu vi poucas vezes.

 

MidiaNews – A postura dos dois candidatos é decepcionante?

 

Mauro Mendes – Uma postura muito aquém do desafio de ser prefeito e de dar soluções para os problemas da nossa cidade.

 

MidiaNews – E o que o senhor acha dessas denúncias envolvendo os candidatos: Emanuel Pinheiro, que estaria supostamente envolvido em um esquema de incentivos; Wilson Santos com as acusações do Rodoanel e o próprio áudio do irmão dele supostamente coagindo servidores públicos?

 

Mauro Mendes – Conheço muito pouco sobre o tema, prefiro declinar de responder sobre isso para não falar besteira ou ser injusto com alguém.

 

MidiaNews – Independente de quem vencer as eleições no próximo domingo, o senhor acredita que Cuiabá estará em boas mãos a partir de janeiro de 2017?

 

Mauro Mendes – Espero que sim. São as opções que nós temos. Espero que o próximo prefeito seja responsável, trabalhe muito, aplique corretamente o dinheiro. Ele vai encontrar uma Prefeitura, volto a afirmar, muito bem organizada e muito melhor do que nós recebemos. Ainda temos muito desafios internos e, principalmente, externos. Temos uma Cuiabá cheia de esperanças e muitas ações para serem desenvolvidas, não só nos próximos quatro anos, mas, provavelmente, nas próximas décadas.

 

Ednilson Aguiar/Midia News

Prefeito Mauro Mendes

"Espero que o próximo prefeito seja responsável, trabalhe muito, aplique corretamente o dinheiro"

MidiaNews – Nas ruas, a gente escuta muitas pessoas dizendo que essa é a campanha em que se tem que votar no candidato “menos pior”. O senhor concorda?

 

Mauro Mendes – É difícil fazer esse tipo de avaliação. Cada um analisa com os olhos daquilo que ele conhece. Conheço um pouco os dois candidatos. Não gostaria de ter essa visão sobre eles. Sei que cada um tem sua história, sua trajetória, tem seus predicados e tem os seus defeitos certamente, como todos nós temos. É em cima disso que acho que a população terá que fazer o seu julgamento, fazer as suas escolhas.

 

MidiaNews – Algum dos dois candidatos tem um perfil ou características que se aproximam mais ao senhor? Qual deles poderia fazer uma gestão que se aproximasse mais da sua?

 

Mauro Mendes – Não quero ser presunçoso em dizer que sou melhor ou pior. Temos histórias e trajetórias diferentes. Vim da iniciativa privada. O meu modelo mental é focado em resultados, trabalhar muito porque a fé em Deus e muito trabalho produzem os resultados.

 

Na política eu já entrei pelo Executivo, nunca estive no Legislativo. No Legislativo, às vezes falam muito, mas não é ele que tem a responsabilidade objetiva de entregar os resultados. Meu modelo mental é focado em resultados. O Legislativo é um modelo mental muitas vezes focado no diálogo, na conversa e muitas vezes sem o compromisso de ter que entregar algo concreto a sociedade.

 

MidiaNews – O fato de o candidato Wilson Santos já ter comandado a Prefeitura poderia favorecê-lo?

 

Mauro Mendes – Experiência, às vezes, é importante. Muitas vezes ela é prejudicial, depende da qualidade dessa experiência e daquilo que a pessoa foi capaz de produzir quando teve a sua oportunidade.

 

MidiaNews – Falando um pouco sobre 2018. O senhor é um nome natural para essa disputa, especialmente em função de estar deixando o Executivo com uma alta avaliação. Nos bastidores já se fala que estaria sendo criado um grupo “Todos contra Taques”, em que estariam nomes como o ministro Blairo Maggi, o senador Wellington Fagundes, o ex-senador Jaime Campos, entre outros, apoiando o senhor para uma candidatura ao Governo. Como vê a possibilidade de ser criado esse grupo?

 

Mauro Mendes – Tenho dedicado grande parte do meu tempo a terminar nosso mandato no dia 31 de dezembro, trabalhando muito e entregando o máximo de coisas para a cidade. Esse tem sido meu pensamento. Confesso honestamente que ainda não me dediquei a olhar para 2017, muito menos para 2018. Estamos muito distantes. Sempre disse: pelo amor de Deus, gente, não podemos terminar uma eleição e começar a discutir outra. Precisamos trabalhar, dar um tempo, deixar os políticos eleitos trabalharem.

 

Preciso voltar para meu mundo de onde eu vim e trabalhar muito e é isso que vou fazer a partir de 1º de janeiro de 2017. Trabalhar muito, honrar os compromissos que tenho com meus funcionários, com meus fornecedores.

 

Poderei talvez ser candidato em 2018, mas só vou pensar nisso lá em 2018. Não posso ficar fazendo exercício de futurologia e prever o que vai acontecer daqui a dois anos.

 

MidiaNews – Por enquanto, o senhor tem alguma preferência entre disputar Governo ou Senado?

 

Mauro Mendes – Está muito distante, até mesmo para dizer em termos de preferência. Prefiro terminar meu mandato honrando o máximo possível os votos que recebi em 2012, esse é meu foco hoje.

Não tenho motivo nenhum para olhar para o governador Pedro Taques e ver nele um adversário

 

MidiaNews – Apesar disso, a gente vê comentários dando conta de que o fato de o senhor não ter apoiado abertamente a candidatura do Wilson Santos já seria um sinal de rompimento na aliança com o governador Pedro Taques. Vocês podem ser adversários em 2018?

 

Mauro Mendes – Não tenho motivo nenhum para olhar para o governador Pedro Taques e ver nele um adversário. Acredito que ele está se esforçando muito, tem uma boa equipe e, apesar das dificuldades que tem encontrado, é um homem de bem, até provem o contrário. É determinado e acredito que vai vencer esses obstáculos que ele está encontrando neste momento. Não tenho motivo pra imaginar que, lá em 2018, nós não possamos estar juntos trabalhando no mesmo projeto.

 

MidiaNews – Então, por enquanto, o senhor assume novamente o comando da empresa?

 

Mauro Mendes – Em 2017 essa será minha prioridade. Mas, dificilmente vou virar as costas para uma série de companheiros, uma série de amigos, de novas amizades que construí. Sou um homem de foco e tenho um foco: 2017 vou focar na recuperação das minhas empresas e em algumas questões familiares também.

 

MidiaNews – A recuperação judicial das empresas já surtiu algum efeito? O grupo já apresenta melhoras?

 

Mauro Mendes – Já estamos pagando alguns fornecedores, o plano de recuperação judicial foi aprovado com 90% dos votos dos credores presentes. Já estamos em fase de pagamento, regularizando a nossa situação.

 

MidiaNews – O fato de o senhor se distanciar do cenário político até o próximo pleito não pode ser prejudicial a uma eventual candidatura?

 

Mauro Mendes – Entendo que não. O que fica são as coisas verdadeiras, as relações verdadeiras que você constrói. Fizemos um trabalho sério na cidade de Cuiabá, isso é refletido na percepção da população. Acredito que, se eventualmente, algum dia eu voltar a ser candidato, terei coisas reais e verdadeiras para dizer o que fui capaz de fazer. Acima de tudo, terei moral para dizer novas coisas que pretendo fazer para algum cargo que um dia eu possa me candidatar.

 

MidiaNews – O senhor se sente gabaritado para voltar a pedir o voto da população?

 

Mauro Mendes – Acredito que sim. Quero ter a humildade de dizer isso, mas tenho consciência de que trabalhamos muito, com seriedade e que estamos entregando resultados à população. Isso que o cidadão quer: políticos que falem menos, façam mais e entreguem mais resultados.  

 




Clique aqui e faça seu comentário


21 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

catarina batista de paula  04.11.16 14h44
Eu só quero dar os parabens para o prefeito mauro mendes.
0
0
Cleber  02.11.16 16h41
Quero parabenizar ao Prefeito Mauro Mendes pela boa gestão pública realizada em Cuiabá-MT, muito foi feito para melhoria do transporte coletivo, postos de saúde, recapeamento das vias urbanas, urbanização,etc; porém muito ainda está por fazer devido ao estrago do VLT...
3
0
Thiago  02.11.16 14h33
Thiago, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
DIONISSIO  01.11.16 10h31
PARABENS PREFEITO MAURO,MAS SO AGUARDE A FURIA DO DOM PEDRITO, NESSES DOIS ULTIMO ANO DE MANTATO.
7
1
Diogo  31.10.16 17h44
Eu moro no interior de Mato Grosso e siceramente li declaraçoes de um futuro Governador,votei em Pedro Taques mas se tiver Mauro Mendes e Pedro Taques de adversarios, eu sou Mauro mas agora se tiver os dois juntos sao imbativeis, que seja isso mesmo que Mauro seja candidato em 2018, no governo ou no senado se fizer trabalho similar ou melhor quem ganha e a população Cuiaba mudou muito em 4 anos fico pensando o que esse cara nao faria em 8 anos.
17
2

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados