Cuiabá, Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018
HORA DO VOTO
07.10.2018 | 11h23 Tamanho do texto A- A+

Taques cita campanha “humilde” e diz que estará no 2º turno

O governador e candidato à reeleição votou no Aecim Tocantins, nesta manhã

Douglas Trielli/MidiaNews

Governador Pedro Taques votou no Ginásio Aecim Tocantins

CAMILA RIBEIRO E DOUGLAS TRIELLI
DA REDAÇÃO

O governador e candidato à reeleição Pedro Taques (PSDB) afirmou, neste domingo (7), estar confiante de que chegará ao segundo turno das eleições.

 

“Agora é a hora de deixar o eleitor decidir. Temos que respeitar a posição do eleitor. Estamos muito confiantes que estaremos no segundo turno e ganharemos as eleições”, disse Taques.

 

A declaração foi dada momentos antes de o tucano depositar seu voto nas urnas.

 

Taques vota no Ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá e foi até o local acompanhado de sua filha, Renata Taques.

 

Agora é a hora de deixar o eleitor decidir. Temos que respeitar a posição do eleitor. Estamos muito confiantes que estaremos no segundo turno e ganharemos as eleições

Em conversa com a imprensa, o governador disse que a campanha eleitoral deste ano em nada se compara com a de 2014, quando ele foi eleito, especialmente em razão do limite de gastos imposto pela legislação eleitoral.

 

Naquela ocasião, o governador declarou ter gasto R$ 29,6 milhões. Conforme última prestação de contas apresentada ao TSE nesta semana, Taques havia contratado pouco mais de R$ 1,8 milhão em despesas.

 

“Essa é uma eleição totalmente diferente. Primeiro, que é mais curta, além disso, uma eleição com financiamento diferenciado e comunicação diferenciada. Não tivemos condições de chegar em todos os municípios”, disse.

 

“Fizemos uma campanha humilde, o que mostra que não fizemos caixa 2, não fizemos caixa de campanha como governador. Fizemos uma campanha com humildade e respeito ao cidadão. Falando a ele a verdade”, acrescentou Taques.

 

Expectativa

 

Taques minimizou os resultados de pesquisas recentes que o colocam na terceira colocação na corrida ao Palácio Paiaguás.

 

“Recebo as pesquisas com respeito e humildade. Agora a pesquisa mais importante é a do relatório do TRE, que sairá no final da tarde”, disse.

 

O governador disse que terá algumas reuniões ainda nesta tarde e que ficará na companhia da família para aguardar o resultado das urnas.

 

“Tenho como vezo votar e deixar o cidadão decidir. Já fizemos campanha. Temos que respeitar a opinião do cidadão. Vou ficar em casa. Tenho reuniões hoje com a coordenação da campanha, vou visitar algumas pessoas e ficar mais com minha família”, concluiu.

 

Leia também:

 

Mendes vota e diz que, se eleito, "começa a trabalhar amanhã"

 

WF vota em Rondonópolis: “fizemos campanha limpa e propositiva”

 

GALERIA DE FOTOS
Douglas Trielli/MidiaNews
Douglas Trielli/MidiaNews
Douglas Trielli/MidiaNews



Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
2 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Indignada  07.10.18 14h07
Sonhar não custa nada se o meu sonho é tão real. Desaparece! É o mínimo que vc faz por Mato Grosso.
7
4
joaoderondonopolis  07.10.18 12h26
A péssima posição deste governador na reeleição, vai deixar ele humilhado pelo punhado de votos nas urnas. Parabéns Mauro Mendes e parabéns Wellington Fagundes.
7
4