ENQUETES

A que você atribui a renovação da Assembleia e da Câmara neste ano em MT?

PUBLICIDADE

Eleições 2018 / PLANEJAMENTO
08.10.2018 | 10h04
Tamanho do texto A- A+

“Estamos com muita pressa para tirar MT dessa situação difícil”

Otaviano Pivetta disse que será um vice comportado e que Mauro Mendes tomará as decisões

Alair Ribeiro/MidiaNews

Clique para ampliar

O vice-governador eleito de Mato Grosso, Otaviano Pivetta

THAIZA ASSUNÇÃO E DOUGLAS TRIELLI
DA REDAÇÃO

O vice-governador eleito em Mato Grosso, Otaviano Pivetta (PDT), disse que o grupo tem "muita pressa" para começar a trabalhar e já nomear as "pessoas certas" para implantar as mudanças para o desenvolvimento do Estado.

 

Segundo Pivetta, nesta segunda-feira (8), o governador Mauro Mendes (DEM) dará início às primeiras reuniões com a equipe, de modo a iniciar a transição de Governo.

 

Temos muita pressa sim, o Mauro tem pressa, eu também tenho pressa, nós precisamos começar a pensar Mato Grosso com as pessoas competentes para ver se conseguimos no maior curto de prazo possível tirar o Estado dessa situação difícil

“Nesta segunda vamos fazer o balanço da campanha, agradecer à equipe e já começar as conversas sobre a transição. Será um dia de avaliação e planejamento para o futuro. Temos muita pressa sim. O Mauro tem pressa, eu também tenho pressa. Nós precisamos começar a pensar Mato Grosso com as pessoas competentes para ver se conseguimos no menor prazo possível tirar o Estado dessa situação difícil”, disse.

 

“Precisamos colocar o Estado em desenvolvimento, para gerar oportunidades, cumprir com todos os compromissos que assumimos na campanha”, afirmou.

 

Pivetta disse ainda não ter conversado com Mendes sobre a possibilidade de assumir uma secretaria no Governo. Ele frisou que será um vice “comportado”.

 

“O governador é o Mauro. Eu estou à disposição para ajudar no que for solicitado. Nós não falamos sobre isso ainda [assumir secretaria]. Tudo que é cargo daqui pra frente será definido por ele, serei um vice comportado”, disse.

 

Para o vice-governador, a vítoria em primeiro turno foi uma “surpresa”.

 

“Estamos muito satisfeitos, muito contentes e até surpresos com esse percentual [58,69%]. Agora é responsabilidade. O Mauro e eu reafirmamos o nosso compromisso de trabalhar muito para dar oportunidade para a toda gente mato-grossense”, afirmou.

 

Pivetta avaliou, no entanto, que a vitória reflete o desejo da sociedade em não apostar no “duvidoso”.

 

“Na minha opinião, a sociedade avaliou o histórico dos candidatos, resolveu optar pelo certo e não pelo duvidoso. O Mauro foi testado aqui em Cuiabá e eu também já sou conhecido pelo trabalho que desenvolvi na minha região. Então eu acredito que a sociedade prestou atenção muito  em não errar”, pontuou.

 

Leia mais: 

 

Mendes confirma o favoritismo e se elege com folga ao Governo




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia
1999-2018 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados

Ver em: Celular - Web