ENQUETES

Você é a favor ou contra O FIM do estatuto do desarmamento?

PUBLICIDADE

Eleições 2016 / RECADO
02.11.2016 | 09h15
Tamanho do texto A- A+

TRE: abstenções, brancos e nulos são respostas à "velha política"

Desembargadora diz que candidatos devem refletir sobre como estão fazendo campanha

Ednilson Aguiar/Midia News

Clique para ampliar

A presidente do TRE-MT, Maria Helena, disse que eleições deste ano foram as mais tranquilas dos últimos 10 anos

ÉRIKA OLIVEIRA
DA REDAÇÃO

A presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), desembargadora Maria Helena Póvoas, afirmou que as abstenções, votos brancos e nulos das eleições deste ano são a resposta da população ao jogo praticado pela "velha política".

 

De acordo com a desembargadora, o alto índice de nulidade dos votos servirá para que os políticos façam uma reflexão sobre o uso de ataques na campanha, principalmente na propaganda eleitoral.

 

“É preciso também que os candidatos reflitam sobre o índice de abstenção e votos brancos, que foi muito alto. O político precisa refletir até que ponto o 'modus operandi' está se voltando contra eles, porque me parece que está. O político, hoje em dia, tem que pensar muito antes de jogar uma propaganda no ar” disse.

O político, hoje em dia, tem que pensar muito antes de jogar uma propaganda no ar

 

Em Cuiabá, neste segundo turno, as abstenções somaram 104.235, ou seja, 25,11% dos eleitores não votaram. Os votos brancos totalizaram 12.909 (4,15%). E 36.594 (11,77%) eleitores anularam seus votos.

 

O mesmo levantamento, realizado no 1º turno, indicou que, ao todo, as abstenções, os votos brancos e os nulos totalizaram 127.987 em Cuiabá, ou seja, houve um aumento de 20% na segunda etapa das eleições.

 

A maior elevação observada, no comparativo entre os dois turnos, foi quanto aos eleitores que não compareceram às urnas. A chamada abstenção somou 26,1% a mais no último domingo (30).

 

“Campanha tranquila”

 

Embora a campanha na capital tenha sido marcada pelo embate judicial entre os candidatos Emanuel Pinheiro (PMDB) e Wilson Santos (PSDB), a presidente do TRE-MT avaliou que o pleito transcorreu dentro da normalidade esperada.

 

Para Maria Helena, as eleições deste ano podem ser classificadas como as mais tranquilas dos últimos 10 anos no Estado.

 

“Eu tenho a convicção que talvez seja a campanha mais tranquila que Mato Grosso já teve, tanto no 1º turno quanto no 2º turno. Nós não tivemos, como em outrora, polícia invadindo comitês, buscando trucagens feitas de última hora. Parece-me que este pleito foi o mais tranquilo dos últimos 10 anos”, afirmou.

 

Segundo a desembargadora, a participação do eleitor foi fundamental para garantir uma fiscalização efetiva.

 

“O TRE procurou se municiar de ferramentas e também oferecer essas ferramentas ao eleitor para que ele pudesse denunciar. A sociedade respondeu ao nosso apelo”, disse.

 

Como resultado, conforme Maria Helena, os candidatos tiveram o cuidado de realizar uma campanha “limpa”.

 

“Nós pedimos que o eleitor fosse os nossos olhos em cada bairro e ele respondeu com isso. Então, os candidatos também pensaram duas vezes antes de fazer traquinagem”, concluiu.




Clique aqui e faça seu comentário


11 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Marcelo  03.11.16 08h29
Marcelo, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
José Gonçalves  02.11.16 19h48
Depois que assisti o programa politico dos dois candidatos aqui em cuiaba decidi não votar....Depois de ver o curriculum dos dois candidatos através de denuncias feitas pelos proprios candidatos e baseado no que um falou sobre o outro, conclui que nenhum merecia o meu voto.
4
0
roberto  02.11.16 18h36
Os candidatos tem que refletir sobre suas propostas?? ? O cidadão está revoltado com a a falta de segurança, saude, educação, e não nas propostas de políticos. Nos cidadoes estamos aprendendo com nossos erros, e não caímos neste papo de vote no menos pior,chega de ser marionete de políticos. Consultem o povo e esse país vai pra frente. ... Só nós sabemos o que passamos no dia a dia.
3
0
Ananias Pereira de Arruda  02.11.16 16h11
Boa Tarde! Na verdade, sobre os votos nulos e abstenções e brancos, digo que o maior responsável pelos mesmo não foi o fato de como os partidos conduziram as campanhas, mas sim pelo alto índice de corrupção observado pela mídia todos os dias. Operação rêmora, sodoma e por ai a fora.
3
0
Eduardo  02.11.16 14h10
A culpa de tudo isso se deve a justiça!!! A justiça demora demais!!! Se fosse rápida talvez teríamos outros Candidatos nesta eleição!! Está aí o resultado!!! Quem sabe daqui a 2 anos terminem de julgar alguns processos e teremos novos candidatos, que nos dê vontade de Votar!!!
1
0

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados