ENQUETES

Você aprova ou desaprova o início da gestão Emanuel Pinheiro?

PUBLICIDADE

Eleições 2016 / APOIO A EMANUEL
31.10.2016 | 09h48
Tamanho do texto A- A+

Janaina: antes subestimados, servidores foram fundamentais

Deputada disse ainda que denúncias não tiveram impacto na campanha de Emanuel

Ednilson Aguiar/MidiaNews

Clique para ampliar

A deputada Janaina Riva, no IFMT na manhã deste domingo (30)

CAMILA RIBEIRO E DOUGLAS TRIELLI
DA REDAÇÃO

A deputada Janaina Riva (PSDB) afirmou que os servidores públicos estaduais tiveram papel fundamental na campanha do candidato a prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB).

 

“Os servidores foram fundamentais, não só pela discussão da RGA [Revisão Geral Anual], mas também pelo fato de terem sido subestimados. Isso fez com que os servidores trabalhassem com mais garra, mais afinco na campanha do Emanuel”, disse.

 

A declaração faz alusão a um posicionamento do vice-governador Carlos Fávaro (PSD), que, ainda no início da campanha, avaliou que o apoio dos servidores não seria fator “fundamental” para definir as eleições municipais na Capital.

 

Os servidores foram fundamentais, não só pela discussão da RGA, mas também pelo fato de terem sido subestimados, isso fez com que os servidores trabalhassem com mais garra na campanha do Emanuel

“Quando a campanha começou, houve muitas falas dos adversários de que o funcionalismo não era a base de tudo. E o funcionalismo público é a base de tudo, base do Estado de Mato Grosso”, afirmou.

 

“Eles quiseram dar essa demonstração, não foi à toa que uniram forças em prol do Emanuel Pinheiro. Servidores gravaram, foram para as ruas, contribuíram com a campanha do Emanuel, coisa que há muito tempo o funcionalismo público do Estado não fazia”, completou.

 

A deputada também falou que há uma expectativa muito grande de uma vitória do peemedebista.

 

“Foi um grande trabalho. Enfrentando tudo e a todos, enfrentando a máquina do Governo a todo instante. Para nós, já é uma vitória, independente de estarmos à frente nas pesquisas e com a perspectiva de o Emanuel se tornar prefeito de Cuiabá. Para nós, já é um dia de vitória chegar até aqui”, disse.

 

Denúncias

 

Janaina também minimizou o impacto de recentes denúncias feitas por Wilson Santos (PSDB) e que acusam Emanuel de envolvimento em um suposto esquema de propina em prol da concessão de incentivos fiscais à empresa Caramuru Alimentos S.A.

 

“As denúncias não influenciam os votos. Pelo contrário, acredito que a população está muito consciente. Pelo que vimos no Gazeta Dados, por exemplo, comparando a pesquisa da última semana com a divulgada nesta semana, as denúncias fizeram o Emanuel subir muito. O Emanuel é um fenômeno eleitoral, segundo a Gazeta Dados”, disse.

 

“Isso demonstra que denúncias não funcionam mais. Cuiabá não quer mais esse jogo sujo, as pessoas não toleram mais esse tipo de campanha”.

 

“Jogo baixo”

 

A deputada contestou declarações do candidato Wilson Santos, cujo registro de candidatura é alvo de pedido de cassação do Ministério Público Eleitoral, por suspeita de compra de votos.

 

Denúncias não funcionam mais, Cuiabá não quer mais esse jogo sujo, as pessoas não toleram mais esse tipo de campanha

Wilson sugeriu que a denúncia não tem credibilidade, já que é assinada pelo promotor Vinicius Gahyva Martins, ex-namorado de Janaina.

 

“Isso é mais um jogo baixo do Wilson em querer usar a vida pessoal das pessoas como forma de obter algum tipo de ganho nas urnas. Como disse há pouco, acho que isso não cola mais”, afirmou.

 

“Quando ele [Wilson] questiona essa participação do Gahyva, ele questiona também a Polícia Federal. Não foi uma ação única e exclusiva do Gahyva, foi uma ação em conjunto do MPE, do Gaeco e da PF. Acho que é muito mais grave que ele imagina”, finalizou a deputada.

 

Leia mais sobre o assunto:

 

Ministério Público pede a cassação da candidatura de Wilson




Clique aqui e faça seu comentário


14 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Paulo Eduardo  31.10.16 22h13
Quero ver se Cuiabá passar por uma crise como o Estado tem passado e ele falar que não vai dar o RGA para não comprometer o município ! Cuiabá (espero que não) vai passar por uma crise ! Ai quero ver ele (prefeito eleito) ficar ao lado dos servidores ! Vamos ficar atento as propostas e ao cumprimento delas ! Estamos de olho senhor novo prefeito ! Mas não se esqueça que teve muita rejeição aqui ...
1
2
RENATA SOARES  31.10.16 09h33
RENATA SOARES, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
francinaldo  31.10.16 09h32
NÃO QUERO SER INJUSTO E GENERALIZAR, pois a maioria dos SERVIDORES PÚBLICOS, são honrados e batalhadores, façam uma comparação e verão que entre o SERVIDOR PRIVADO e O PÚBLICO, exite um abismo muito grande, tanto nos direitos como nos deveres.
25
30
francinaldo  31.10.16 08h32
Servidores Públicos, não são diferentes dos demais, muita mordomias, feriados, benefícios exclusivos, mas o fim tá chegando e quem paga a conta somos nos servidores da iniciativa privada, mas o dinheiro tá acabando, não temos mais dinheiros para investimentos em nenhuma área, tudo indo para pagar folha de ativos e inativos. já já começará os atrasos, se preparem, servidores nobres filhos de algo.
30
62
Edson  31.10.16 08h26
Até parece que essa cidade vive de serviço publico, falta de visão dessa aí.
32
60

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados