ENQUETES

Como você avalia o atendimento do Detran-MT?

PUBLICIDADE

Eleições 2016 / PÓS-ELEIÇÃO
30.10.2016 | 19h04
Tamanho do texto A- A+

Derrotado, Wilson agradece votos e pede apuração de denúncias

Candidato do PSDB teve 103.483 mil votos e perdeu eleição para Emanuel Pinheiro

Ednilson Aguiar/MidiaNews

Clique para ampliar

O candidato derrotado à Prefeitura de Cuiabá, Wilson Santos, que agradeceu votos e pediu apuração de denúncias

DOUGLAS TRIELLI
DA REDAÇÃO

O candidato derrotado à Prefeitura de Cuiabá, Wilson Santos (PSDB), agradeceu os 103.483 mil votos que recebeu na disputa do segundo turno e pediu que Justiça e Ministério Público apurem as denúncias feitas por ele contra seu adversário Emanuel Pinheiro (PMDB).

 

Em nota à imprensa, logo após o resultado das urnas, o tucano disse que os eleitores “compreenderam” as propostas de seu grupo.

 

Ele ainda divulgou um vídeo nas redes sociais em que também agradece os votos e o apoio (veja abaixo), mas não cita as denúncias.

 

“Esses votos demonstram que uma parcela considerável da população compreendeu nossas propostas e avalizou nosso projeto político. Saberei honrar cada um desses votos. Sei da responsabilidade que tenho como deputado estadual”, disse, na nota.

 

Entregamos todas as provas. Fizemos a nossa parte. Agora o assunto está nas mãos da Justiça e do Ministério Público

“Acredito na Justiça e no Ministério Público quanto à apuração das graves denúncias que apresentamos durante a campanha. Entregamos todas as provas. Fizemos a nossa parte. Agora o assunto está nas mãos da Justiça e do Ministério Público”, afirmou.

 

Nas últimas semanas, o tucano acusou Emanuel de ser o “cabeça” de um esquema na concessão de incentivos fiscais para beneficiar a empresa Caramuru Alimentos. Ele acusa o peemedebista de ter recebido R$ 4 milhões em propina, por meio de parentes.

 

Além disso, no último sábado (29), acusou o peemedebista de simular a contratação de cabos eleitorais para comprar votos.

 

Agradecimento a Taques

 

Ainda na nota, o tucano agradeceu à sua militância e ao governador Pedro Taques (PSDB), maior responsável por sua candidatura ao Palácio Alencastro.

 

“Foi emocionante ver a dedicação e entusiasmo da nossa militância. Agradeço ao meu vice, Leonardo Oliveira, uma jovem revelação da política mato-grossense, ao governador Pedro Taques, senador, vice-governador e aos deputados estaduais, federais, vereadores, secretários de Estado e do município, e a todos aqueles que acreditaram e abraçaram nosso projeto”, disse.

 

“Saímos desta eleição fortalecidos como grupo político, porque fizemos o bom combate, e estamos conscientes dos nossos compromissos com Cuiabá e com Mato Grosso. Pelo bem de Cuiabá, honraremos todos eles”, completou.

 

Veja o vídeo de Wilson Santos:

 

 

Leia também:

 

Com 60,41% dos votos, Emanuel é eleito prefeito de Cuiabá

 

Jurídico de Wilson vai pedir a anulação da eleição em Cuiabá




Clique aqui e faça seu comentário


8 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Geovane Santana  31.10.16 10h47
Tchau querido!!
6
1
Dionissio  31.10.16 07h56
O ibope estava errado kkkkkkkkllllllkkkkkkk
33
3
João da Oeste  31.10.16 00h32
Valeu!!!! O reconhecimento do trabalho bem feito de toda equipe... Vejo a cidade parada e nem parece que foi eleito um prefeito nnela...Isso porque todos queria Wilson na verdade... Mas votaram contra somemte pelo protesto!!!! Agora todos vão encarar o PSBD ainda mais forte...Sintilizante pela cidade... Pra fechar a indecisão de Mauro Mendes vai custar caro esses 100.000 votos ou mais jamais vai votar em em vc... Terá seu voto de protesto mas com dinheiro se compra tudo... A diquinidade do eleitor não.... Já coloca na sua conta!!!! Valeu equipe do 45
6
35
dauzanades  30.10.16 21h45
Porque você WS, não apresentou estas ou algumas destas denuncias antes da campanha, como deputado. Pois com certeza você e demais sabiam. Então também devem ser investigados.
30
2
Josué Rúbia Viana  30.10.16 21h42
Essa foi a resposta do servidor público.
33
3

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados